II Encontro Nacional de Gestores de Pessoas do Judiciário começa nesta quinta

Com o objetivo de promover a integração entre tribunais, magistrados e servidores, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promove nesta quinta (13/6) e sexta-feira (14/6) o II Encontro Nacional de Gestores de Pessoas do Poder Judiciário, no Tribunal Superior do Trabalho (TST). A solenidade de abertura do evento, marcada para às 9h30 de quinta, contará com a presença do presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli.

Ainda pela manhã, serão homenageadas as três cortes que conquistaram a Premiação de Práticas em Gestão de Pessoas do Poder Judiciário: Tribunal de Justiça do Amazonas, Superior Tribunal de Justiça e Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. 

As práticas concorreram em quatro categorias criadas para reconhecer ações em gestão de pessoas que contribuem para a excelência na prestação dos serviços da Justiça. Ao todo, o CNJ recebeu 153 ações realizadas por tribunais brasileiros. O objetivo da premiação é reconhecer e dar publicidade às iniciativas. A Comissão Julgadora selecionou quatro ações, uma para cada categoria. Confira abaixo os vencedores:

 

Além de promover a integração e a troca de experiências entre os diferentes órgãos do Judiciário nacional, o evento também serve como fórum de debates sobre caminhos para melhorar a eficácia da prestação de serviços da Justiça, alinhados às diretrizes da Política Nacional de gestão de Pessoas no âmbito do Poder Judiciário, nos termos da Resolução CNJ nº 240/2016.

Ao longo dos dois dias do Encontro, serão apresentadas e debatidas as práticas vencedoras. Haverá também a apresentação de outras experiências exitosas em diversos ramos da Justiça.

Confira aqui a programação completa do evento.

Agência CNJ de Notícias

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/noticiascnj/mZae/~3/2wk3BBUNvxg/89074-ii-encontro-nacional-de-gestores-de-pessoas-do-judiciario-comeca-nesta-quinta.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Seminário vai debater Política Nacional de Justiça Restaurativa

O 1° Seminário sobre a Política Nacional de Justiça Restaurativa, que será realizado pelo Conselho …