Programa Jornada faz raio X do trabalho infantil no Brasil e no mundo

document.write(‘‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”);



 

O quarto episódio da primeira temporada do Jornada, disponível no canal oficial do TST no YouTube, trata dos malefícios decorrentes da exploração do trabalho de crianças e adolescentes. O programa mostra como o Brasil tem enfrentado o problema nas últimas três décadas e quais os instrumentos que propiciaram ao país reduzir em 68% a presença infantil no trabalho. Em todo o mundo, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), cerca de 168 milhões de crianças são obrigadas a trabalhar todos os dias.

A ministra Kátia Arruda, coordenadora do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, uma das entrevistadas, destaca a importância do diálogo com as empresas para a criação de ambientes de aprendizagem, que permitem o ingresso dos jovens no mercado de trabalho formal, com respeito à legislação vigente. “A aprendizagem une educação, formação técnica e trabalho”, enfatiza. Maria Claudia Falcão, da OIT, lembrou que, quanto mais pobre for o lugar, mais crianças estarão sujeitas a ser exploradas por meio do trabalho.

A equipe do Jornada também ouviu o relato de um auxiliar de pedreiro que começou a trabalhar aos dez anos como engraxate e lavador de carros. O programa conta com a participação da psicóloga Andréia Esmeraldo. Ela ressalta a importância das brincadeiras e do estudo durante a infância, para que haja desenvolvimento das capacidades motoras e cognitivas da criança. São apresentadas, ainda, estatísticas da ocorrência de trabalho infantil em cada região brasileira.

Novo Jornada

O novo Jornada, pensado para a realidade da internet, tem edições de no máximo dez minutos, postadas no canal oficial do TST no YouTube. A cada 15 dias, um tema de relevância no universo das matérias trabalhistas é abordado sob diversos ângulos, extraindo informação de todos os personagens envolvidos no assunto. Outra novidade é a exibição por temporadas. Confira os temas da primeira temporada::

6/5/2019 – Assédio moral

20/5/2019 – A Justiça do Trabalho

3/6 /2019 – Teletrabalho

17/6 /2019 – Trabalho infantil

1º/7/2019 – Mulheres no mercado de trabalho

15/7/2019 –Atividades perigosas

(RT/CF)

<!– –> var endereco; endereco = window.location.href; document.write(‘‘) <!—-> Inscrição no Canal Youtube do TST

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comprovante de pagamento permite validar depósito recursal sem autenticação no boleto

document.write(‘Seguir‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”); Dados como o código de barras vinculam o pagamento ao processo A …