Ministro Lelio Bentes encerra correição no TRT da 8ª Região

document.write(‘‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”);



(Seg, 08 Jul 2019 15:33:00)

Importância da Justiça do Trabalho foi mencionada na leitura do relatório.

O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes, encerrou, na sexta-feira (5), correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, com jurisprudência no Pará e no Amapá, destacando, entre outros pontos, a eficiência, a celeridade e a produtividade do TRT.

Durante o encerramento, o ministro ressaltou a importância da Justiça do Trabalho para o combate à sonegação fiscal, com a arrecadação de quase R$ 2 bilhões à Previdência Social e R$ 419 milhões à Receita Federal em 2018. O ministro também afirmou que a Justiça do Trabalho garante a efetivação de direitos – em 2018, foram pagos quase R$ 29 bilhões aos reclamantes, sendo que R$ 17 bilhões resultaram de acordos e pagamentos espontâneos.

As políticas afirmativas desenvolvidas no âmbito do TRT, como a promoção do trabalho seguro e as ações que mobilizam a sociedade para o combate ao trabalho infantil, foram destacadas pelo corregedor.

No fim da correição, ele falou sobre a importância da Justiça do Trabalho para a sociedade brasileira, afirmando que é a melhor justiça do País pela qualidade dos serviços prestados e por ser a que mais promove acordos. “Nunca foi tão importante para a sociedade brasileira, para a cidadania do País, buscar a presença da Justiça do Trabalho. Nós sabemos a importância daquilo que fazemos para a sociedade brasileira”, declarou.

Esta matéria tem cunho meramente informativo.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br
<!– –> var endereco; endereco = window.location.href; document.write(‘‘) <!—-> <!—->

Inscrição no Canal Youtube do TST


Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Eletricista que sofreu queimaduras no corpo vai ser indenizado por danos a projeto de vida

document.write(‘Seguir‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”); Os graves danos comprometeram a vida pessoal e profissional do empregado. A …