Educação aberta para terceira idade é sugerida em projeto de lei

DANIEL MONTEIRO
DA REDAÇÃO

Com o objetivo de contribuir para a melhor qualidade de vida física e mental da população idosa da cidade de São Paulo, o vereador Arselino Tatto (PT) propõe a instituição do Programa Educação Aberta para a Terceira Idade, através do PL (Projeto de Lei) 291/2018. O objetivo é oferecer cursos, palestras, excursões e práticas esportivas e culturais para pessoas com mais de 60 anos de idade nas unidades educacionais do município.

Entre as diretrizes da proposta, estão acesso gratuito a todas as atividades do Programa, promoção de palestras e capacitações em temas como saúde, cidadania e direito. Também estão contempladas atividades esportivas e lúdicas específicas para a terceira idade. De acordo com o PL, o Executivo poderá firmar parcerias com universidades públicas e privadas para a realização dos cursos propostos.

Na justificativa do projeto, Tatto destaca que a iniciativa vai ao encontro de artigos do Estatuto do Idoso (lei 10.741/2003), legislação federal que estabelece direitos à população da terceira idade e punições a quem desrespeitá-los. “O Programa Educação para a Terceira Idade contribuirá para que o envelhecimento não seja uma fase de declínio e perdas, mas de aquisições, transformações e com possibilidades de aperfeiçoamento de habilidades e de busca de maior satisfação de vida”, anota o vereador. Ainda em tramitação, o substitutivo do PL recebeu parecer favorável da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa) e da Comissão de Administração Pública.

Acompanhe aqui outros projetos em tramitação do vereador aqui. No link, você também poderá obter os canais de comunicação do parlamentar e participar diretamente do mandato por meio de propostas, sugestões ou recebendo informativos através do formulário Fale com o Vereador.

Fonte Oficial: http://www.saopaulo.sp.leg.br/blog/educacao-aberta-para-terceira-idade-e-sugerida-em-projeto-de-lei/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Projeto busca coibir assédio sexual no transporte coletivo paulistano

Atualizado em (12/07/2019 – 11h00) | Cidade, Em Tramitação, Geral, Notícias, Projetos, vereador, Vereadores …