Previdência: Manifestantes tentam invadir Câmara – Congresso em Foco

Contrários às mudanças nas regras do sistema de aposentadoria, manifestantes tentaram invadir, por volta das 16h30 desta quarta-feira (10), o anexo II da Câmara dos Deputados. O protesto ocorre instantes antes da votação da reforma da Previdência. A segurança isolou a área com grades para evitar a efetivação da invasão.

> AO VIVO: Câmara rejeita fatiamento da reforma da Previdência

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avisou que combaterá tais iniciativas, inclusive com restrição de acesso às dependências do Congresso. Os manifestantes pedem regras mais brandas para a aposentadoria dos professores e a suspensão dos cortes do governo federal na área da Educação.

Quando viram o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) passar no interior do anexo da Câmara, os manifestantes gritaram “traidor, traidor, traidor”. Eles também chamaram o parlamentar de “canalha”.

Em ato pulverizado, criticaram ainda a política ambiental e indígena do governo Jair Bolsonaro. Além disso, gritavam palavras de ordem, como “Lula Livre”. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, após condenação no âmbito da Operação Lava Jato.

O protesto foi organizado por sindicatos vinculados à Central Única dos Trabalhadores (CUT), braço sindical do PT, maior partido de oposição à gestão Bolsonaro. “Nós temos que fazer o enfrentamento mesmo, mas com cuidado para não machucar ninguém”, disse um dos líderes da manifestação.

A Polícia Militar do Distrito Federal foi acionada para auxiliar na proteção à Câmara.

> Quem votou contra os professores na reforma da Previdência

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comissão do Senado aprova criminalização de caixa 2 – Congresso em Foco

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (10), por …