Senado aprova magistrados escolhidos pelo STJ para compor Conselho Nacional de Justiça – STJ

O plenário do Senado Federal aprovou na noite desta quarta-feira (10) os nomes do desembargador federal Rubens de Mendonça Canuto Neto e da juíza federal Candice Lavocat Galvão Jobim para ocupar vagas no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no biênio 2019/2021. As indicações foram feitas em junho pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), cumprindo previsão da Constituição. 

Na votação do Senado, Candice Galvão Jobim obteve 58 votos favoráveis e cinco contrários. Rubens Canuto Neto teve 59 votos a favor e quatro votos contrários. A nomeação dos novos membros do CNJ será feita pelo presidente da República. 

Perfis

Membro do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), Rubens de Mendonça Canuto Neto é formado pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió e especialista em direito tributário pela Fundação Getulio Vargas. Ingressou na carreira de juiz federal em 2002.

A juíza Candice Lavocat Galvão Jobim está lotada na Segunda Turma Recursal da Seção Judiciária de Goiás. Antes de se tornar magistrada, em 2005, foi procuradora da Fazenda Nacional. É mestre em direito pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/oEPxCPaT98g/Senado-aprova-magistrados-escolhidos-pelo-STJ-para-compor-Conselho-Nacional-de-Justi%C3%A7a.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Verba do Fates não deve ser partilhada com associado que se retira da cooperativa – STJ

​O Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates) – obrigatório para as sociedades cooperativas …