OAB questiona no STF leis que autorizam transformação de cargos públicos sem lei em Sergipe – OAB

O Conselho Federal da OAB ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) questionando dispositivos de leis do Estado de Sergipe que autorizam a transformação de cargos em comissão e funções de confiança em cargos e funções públicas, independente de lei. O relator da ADI 6180 será o ministro Luiz Fux que fará a análise do caso.

De acordo com o entendimento da OAB, as normas de Sergipe violam a Constituição Federal, que exige a existência de lei para a criação, extinção e transformação de cargos, empregos e funções públicas. Além disso, permitir ao chefe do Executivo local e ao Tribunal de Contas Estadual transformar cargos e funções por ato infralegal, “viola o princípio constitucional que prevê a observância do concurso público como regra das contratações de agentes públicos”, diz um trecho da ação.

Diante do caso, a OAB pede a concessão de liminar para suspender a eficácia do artigo 43, incisos I e II, da Lei 8.496/2018, e do Art. 6º da Lei 2.963/1991, do Estado de Sergipe, até o julgamento do mérito da ação. A Ordem requer, ao final, a declaração de inconstitucionalidade das normas citadas.

Confira a íntegra da ADI

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/57355/oab-questiona-no-stf-leis-que-autorizam-transformacao-de-cargos-publicos-sem-lei-em-sergipe.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Em entrevista ao Estadão, Santa Cruz defende equidistância nas audiências – OAB

O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, defendeu o respeito à equidistância entre acusação …