Prefeitura assina termo para ampliar Armazéns da Família na Grande Curitiba – Prefeitura de Curitiba/PR

O programa Armazém da Família vai ganhar mais uma loja na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Até setembro, será instalada a unidade de Campo Magro.

O Armazém da Família vende produtos em média 30% mais baratos em relação ao varejo convencional. São 300 itens de alimentos e gêneros de primeira necessidade.

O convênio que permitiu a criação da oitava loja em municípios da RMC foi assinado nesta segunda-feira (15/7) pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e o de Campo Magro, Claudio Cesar Casagrande. 

Na mesma cerimônia foi renovado, com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Pinhais, Otto Novaes Huren, o termo de cooperação de Curitiba com o município vizinho, que já conta com uma loja do Armazém da Família. O termo de cooperação envolve toda a assessoria técnica e operacional aos municípios pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, além de sistema informatizado de gestão, compras e movimentação de mercadorias. 

“No início da gestão, resgatei a parceria do programa Armazém da Família com quatro municípios. Hoje fechamos parceria com dez municípios e mais duas cidades estão em tramitação para receber este programa que ajuda mais 260 mil famílias na Grande Curitiba”, disse Greca. Estão em negociação as lojas dos municípios de Colombo e de Cerro Azul. 

Atualmente, há dez cidades conveniadas ao programa Armazém da Família. Existem lojas do Armazém da Família em Agudos do Sul, duas em Almirante Tamandaré, Bocaiúva do Sul, Mandirituba, Pinhais e São José dos Pinhais, atendendo quase 57 mil famílias que residem nessas cidades. Já os moradores de Campo Magro, Campo Largo, Fazenda Rio Grande e de Quatro Barras podem fazer compras nas 33 unidades de Curitiba.

“A parceria com a Região Metropolitana é uma das prioridades do prefeito Rafael Greca, que está expandido o novo conceito de segurança alimentar para os municípios, dentro das ações do Pró-Metrópole, que valoriza também a produção agrícola da Região Metropolitana, abastecendo as merendas, nossos sacolões e feiras”, disse o secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi.

Campo Magro

A nova loja de Campo Magro vai atender, a princípio, 5.563 famílias que hoje usam as unidades em Curitiba. Em setembro, quando for inaugurada a loja, o atendimento ficará concentrado na cidade vizinha.

Enquanto em Curitiba a renda familiar máxima para comprar nos Armazéns da Família é de cinco salários mínimos, nos municípios vizinhos há diferentes rendas de acesso aos produtos. Em Campo Magro, o valor de renda máxima estabelecida é de R$ 3 mil (cerca de três salários mínimos).

Participaram da reunião, representado Campo Magro, os secretários municipais de Agricultura, Leandro Ribas Machado, de Planejamento, Marcelo Soares, e de Indústria e Comércio, Claudio Campos. Da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional estavam a gerente de Compras, Nilza Aparecida de Souza, o gerente de Cadastro, Guilherme Roberto Rodrigues, a chefe de Gabinete, Priscila Wandrigues, o diretor interino de Operação Agro-alimentícia, Luiz Carlos Maskow, e o diretor de Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Bittencourt. O vereador Pier Petruzziello também compareceu.

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/prefeitura-assina-termo-para-ampliar-armazens-da-familia-na-grande-curitiba/51493.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Programa João Pessoa Cidade Criativa Unesco é apresentado na CDL para futuras parcerias

O programa João Pessoa Cidade Criativa da Unesco foi apresentado para diretores da Câmaras de …