Proposta anula permissão para uso de cães na caça de javalis – Notícias

Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Izar: cães sofrem maus-tratos, pois entram em confronto com javalis

O Projeto de Decreto Legislativo 348/19 susta permissão para usar cães na caça de javalis. A proposta, do deputado Ricardo Izar (PP-SP), revoga trecho da Instrução Normativa 12/19 do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que permite a caça com cães. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

O uso de cães, segundo a norma ambiental, será revisto após dois anos para avaliar a eficácia da prática no manejo do javali. Atualmente, esse é o único animal com caça liberada no País.

Segundo Izar, o entendimento anterior do Ibama é que somente poderia haver uso de cães para caça na etapa de rastreamento dos javalis, para evitar maus-tratos dos cães. “O mais ultrajante é que a permissão atual abrange a etapa de agarre, que irá submeter os animais ao confronto e consequentemente sofrerão maus-tratos”, disse.

Estudos realizados na Austrália demonstram que cães não são efetivos na caça de javalis, pois removem menos de 20% dos animais, de acordo com Izar. “O uso de cães pode dispersar a manada para regiões vizinhas e muitas vezes o alvo dos cães é o macho que os enfrenta para defender os demais, enquanto as fêmeas, alvos para maior efetividade da caça, fogem”, afirmou Izar.

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, seguirá para o Plenário.

Fonte Oficial: Câmara dos Deputados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Privatização causa polêmica em audiência com presidente da Petrobras — Senado Notícias

O processo de desinvestimento com venda de ativos que vem sendo conduzido pela Petrobras foi …