Bruna Surfistinha diz que Bolsonaro faz ‘declaração infeliz’ – Congresso em Foco

A DJ Raquel Pacheco, conhecida pelo nome de Bruna Surfistinha, rebateu nesta sexta-feira (19) o presidente Jair Bolsonaro por conta de uma crítica que ele fez à adaptação para os cinemas de seu livro “O Doce Veneno do Escorpião”.

Na quinta-feira (18), Bolsonaro usou o filme de exemplo para indicar que a Ancine (Agência Nacional de Cinema)  estimula a produção de filmes que não deveriam ser feitos.

“Antes dele fazer juízo de valor sobre os outros, deveria cuidar da moral da própria família e do nosso país.Ele está cuidando demais do que não precisa e fazendo pouco do que é realmente necessário pra termos um país melhor”, disse Raquel em seu Twitter.

O político do PSL avalia em transformar a Ancine em secretaria de algum ministério. Ele já confirmou que vai transferir a sede da agência do Rio de Janeiro para Brasília e que adotará um filtro nas produções.

“Se não puder ter filtro, nós extinguiremos a Ancine, privatizaremos ou extinguiremos”, disse em evento no Ministério da Cidadania nesta sexta.

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

regulamenta o contrato de desempenho, previsto no § 8º do art. 37 da Constituição Federal – Dizer o Direito

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019 Olá, amigos do Dizer o Direito, Foi publicada hoje …