Novos empreendedores curitibanos mostram suas marcas em feira no Barigui – Prefeitura de Curitiba/PR

Foi sem querer que a administradora de empresas Angélica Schwabe criou a Leve Luz, que produz e comercializa artigos para ioga, meditação e bem-estar, como japamalas (cordão de contas usado nas práticas), futons e almofadas de sementes.

A convite de uma amiga e vizinha, que já tinha uma empresa, ela foi assistir à aula inaugural do Bom Negócio Vale do Pinhão, programa da Agência Curitiba, da Prefeitura de Curitiba e, de lá, veio a ideia de vender “luz e bem-estar” para as pessoas escaparem da correria do dia a dia.

Angélica era uma das expositoras da I Feira do Empreendedor Bom Negócio, neste sábado (20/7), no Salão de Atos do Parque Barigui. A empreendedora contava a sua história com um grande sorriso no rosto e a expressão de quem já sabe aonde quer chegar.

“Foi o Bom Negócio que me trouxe o empreendedorismo efetivamente e fez florescer e crescer a vontade que eu tinha de montar alguma coisa minha”, conta. “Além disso, [o Bom Negócio] abre muitas portas e possibilita conhecer e ajudar a resolver as dores de outros colegas empreendedores”, reconhece.

Junto com Angélica, que está na rota do negócio próprio desde março deste ano, eram mais de 60 expositores na feira, aplicando os conhecimentos adquiridos no curso no atendimento aos clientes.

Além de vender e mostrar as marcas aos frequentadores do Parque, os empreendedores puderam assistir a palestras e fazer networking. Animada com a oportunidade de agregar ainda mais conhecimentos para o negócio, a designer de moda Geisa Damares Macarini levou as suas criações em vestidos infantis.

Sócia do marido Alexandre Macarini na Faz de Conta, ela fez o primeiro vestido do zero para uma das filhas. “Comecei a vender roupas infantis prontas, por necessidade e a criação veio com os pedidos dos meus clientes”, lembra.

O Bom Negócio, diz ela, vem resolvendo a parte de gestão. “Eu não tinha conhecimento na área de empreendedorismo e gestão, agora eu vejo mais oportunidades de venda e questões financeiras que precisam ser ajustadas”, avalia.

Nas horas vagas

A bancária Raquel Paschoal Lopes produz seus cadernos com a sócia e também bancária Márcia Cordeiro. As duas sentam uma ao lado da outra após o expediente e iniciam a produção que começou por hobby e paixão pela papelaria.

Raquel foi levada para o Bom Negócio pelo marido, que já se formou e empreende. “É uma iniciativa ótima para incentivar quem quer realizar e também para fomentar a economia da cidade”, afirma ela. “Para nós, já houve uma grande mudança na visão da gestão do negócio”, completa.

Universidades

Instituições de ensino também marcaram presença com atividades para proporcionar um diagnóstico rápido, ágil e inspirador para negócios e novas ideias. A rodada é aberta para o público da feira por ordem de chegada.

Foram tratados os seguintes temas por instituição: Positivo (Marketing e Marketing Digital); ISAE (Finanças e Gestão de Processos), Centro Europeu (Criatividade e Habilidades Empreendedoras); Uniopet (Gestão de Pessoas e Liderança) e Escola Conquer (Inovação e Plano de Negócios). Também haverá mini-palestras de 15 minutos com o tema Gestão e Inovação.

Bom Negócio

O Bom Negócio – Vale do Pinhão é promovido pela Agência Curitiba em parceria com universidades, entidades de fomento, especialistas em gestão e terceiro setor. O programa foi desenvolvido para atender tanto a quem quer tirar uma ideia do papel e começar um negócio quanto ao empreendedor que já tem alguns anos de estrada e está em um momento de mudança.

O curso tem três rotas – as duas primeiras à distância e a terceira, presencial. Os empreendedores, além das aulas, têm acesso a mentoria, também gratuita. As inscrições para a segunda turma de 2019 estão abertas no site www.programabomnegocio.com.br

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/novos-empreendedores-curitibanos-mostram-suas-marcas-em-feira-no-barigui/51577.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rua da Cidadania do Cajuru retoma o Encontro dos Artistas – Prefeitura de Curitiba/PR

    Recomeça nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no auditório da Rua da Cidadania do …