Consultório móvel atende população de rua em mutirão social – Prefeitura de Curitiba/PR

A aposentada Iracema Silva, 77 anos, foi ao Mutirão Social Curitiba Que Não Dorme, realizado pela Prefeitura nesta quarta-feira (31/7), na Praça Rui Barbosa, e saiu feliz da vida. O motivo foi o kit de higiene bucal – com escova, fio dental e pasta de dente – que ganhou em um dos serviços ofertados para a população em situação de rua. O mutirão social começou às 9 horas e segue até as 17 horas.

Antes de ganhar o kit, a idosa ouviu atenta às orientações sobre a forma correta de usar o fio dental e escovar os dentes.

“Que coisa maravilhosa, eu não tinha escova de dentes e estava usando a escova de lavar roupas”, contou.

A senhora mora em uma área de invasão em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, mas passa os dias na Praça Rui Barbosa, no Centro de Curitiba. “Prefiro ficar aqui, lá é muita confusão”, confidenciou a mulher que mora sozinha e não tem mais contato com nenhum dos nove filhos.

Iracema foi atendida no consultório odontológico móvel, um dos novos serviços do mutirão social. Em uma van adaptada a população recebe orientação de higiene e prevenção de doenças da boca, avaliação de câncer bucal e pode aferir a pressão.

“Em casos de necessidade de procedimentos, encaminhamos para as unidades do município”, explicou a dentista Verônica Monteiro, da Realclin.

Verônica tem dois consultórios fixos e usa a van para serviços voluntários que desenvolve desde 2003, em municípios próximos a Curitiba. No mutirão social ela conta com o apoio de três auxiliares.

Lixo eletrônico

Outra novidade do mutirão é o de orientação sobre descarte correto de lixo e a coleta de materiais, como lixo eletrônico, o que será feito por um caminhão do projeto EcoCidadão, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Moradora da região central, a dona de casa Anália Matsuda, 61 anos, aproveitou a ação para descartar uma televisão antiga, que já não funciona mais. “Li no jornal que ia ter o serviço e vim aqui. Facilitou a minha vida porque estava só ocupando espaço lá em casa”, contou.

Serviços

“Organizamos esse mutirão para cuidar e servir as pessoas. Queremos cada vez mais desenvolver esse trabalho intersetorial ”, disse o presidente da Fundação de Ação Social (FAS), que coordena o mutirão social, Thiago Ferro.

Segundo ele, o trabalho fortalece a união de esforços com a sociedade civil, porque o problema da população em situação de rua não é apenas do município, é de toda a cidade.

Como acontece sempre na última quarta-feira do mês, o mutirão social oferece ainda várias ações municipais, como cadastramento para recebimento de benefícios sociais, cadastramento de voluntários, informações sobre cursos de qualificação profissional e encaminhamentos para o Sistema Nacional de Emprego (Sine).

E, ainda, atendimento médico, avaliação clínica de animais de estimação da população de rua, como aplicação de vacinas, vermífugo e antipulgas, exames clínicos básicos e cadastro para castração, além de atividades esportivas e culturais.

Grupos voluntários também oferecem palestras psicoedutivas e orientações sobre dependência química, encaminhamentos para comunidades terapêuticas, corte de cabelo e de barba, designer de sobrancelha, distribuição de alimentos, verificação de pressão arterial e teste de glicemia. E, também, distribuição de kits de higiene contendo desodorante, sabonete, escova e pasta de dente e óculos e lentes.

Marcos Eduardo Arcílio, 52 anos, passou pela avaliação clínica e pode escolher a nova armação do óculos que receberá. Morando há dez anos na rua, ele contou que tem dificuldade para ler e hoje usa um óculos – sem uma das hastes – que achou na rua.

Parceiros da ação

O mutirão social reúne serviços da FAS, Fundação Cultural, Meio Ambiente, Defesa Social, Saúde, Esporte, Lazer e Juventude, Assessoria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres.

Entre os voluntários estão a Cruz Vermelha, a MedPrev, o Instituto dos Óculos/ONG Visão Perfeita, a rede de farmácias Descontão, comunidades terapêuticas, e as igrejas Metodista Bacacheri, Sara Nossa Terra, Quadrangular, Assembleia de Deus, Metodista, Batista e ABBA. 

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/consultorio-movel-atende-populacao-de-rua-em-mutirao-social/51770.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …