Nota à imprensa – Gabinete do Ministro Celso de Mello – STF

O jornal “Folha de S. Paulo”, em sua edição impressa de 31/07/2019, quarta-feira, divulgou matéria escrita pelo jornalista Frederico Vasconcelos sobre o livro “Os Onze – O STF, Seus Bastidores e Suas Crises”, de autoria dos jornalistas Felipe Recondo e Luiz Weber, salientando, em referida publicação jornalística, que essa obra “registra embates e fatos curiosos no STF”.

O autor da matéria jornalística em questão destacou, em certa passagem de seu texto, que, “Em novembro de 2016, o decano [do STF] convidou o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a sua casa para saber se havia algo na Lava-Jato que pudesse constrangê-lo”.

O Ministro CELSO DE MELLO, decano do Supremo Tribunal Federal, repudia essa afirmação, que não corresponde à realidade dos fatos, pois jamais convidou o eminente ex-Procurador-Geral da República, Dr. Rodrigo Janot, ao seu apartamento, para “saber se havia algo na Lava-Jato que pudesse constrangê-lo”.

Mais do que isso, o Ministro CELSO DE MELLO esclarece que nunca teve qualquer diálogo nesse sentido com o então Chefe do Ministério Público da União nem sequer lhe formulou, em local algum, qualquer indagação a esse respeito.

Em suma: a equivocada referência feita na edição impressa da “Folha de S. Paulo”, na data de hoje (31/07/2019), de que o Decano do Supremo Tribunal Federal convidou o Dr. Rodrigo Janot, “a sua casa”, com o suposto objetivo de buscar informação “para saber se havia algo na Lava -Jato que pudesse constrangê-lo”, não encontra suporte na realidade dos fatos nem se reveste de qualquer veracidade, pois – insista-se – tal evento jamais se verificou, fosse com essa ou com qualquer outra finalidade.

No Supremo Tribunal Federal, em 31 de julho de 2019.
Ministro CELSO DE MELLO

Veja a íntegra do documento

 

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=417896.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Ministro rejeita mandado de segurança contra tramitação da Reforma Administrativa – STF

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento ao Mandado de Segurança …