Professores de cordel da Rede Municipal iniciam formação continuada inspirada na musicalidade de Jackson do Pandeiro

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio da coordenação do projeto ‘Cordel na Sala de Aula’, deu início na manhã desta sexta-feira (2) a formação dos professores de cordel da Rede Municipal de Ensino. O primeiro encontro aconteceu no Teatro Ednaldo do Egypto, no bairro de Manaíra. O tema trabalhado foi ‘A musicalidade de Jackson do Pandeiro’, além dos instrumentos técnicos pedagógicos.

“Nós queremos estreitar o saber entre as diversas entidades que compõem a sociedade. Por exemplo, o poeta que tem o dom de criar, de reinventar a recriar a palavra, com isso, ele vai estar passando para o professor esse ar mais íntimo com a questão da poesia. Queremos fazer com que o aluno admire a leitura, o ato e o hábito de ler. Já temos em nossas escolas alunos que produzem belíssimos cordéis. E sei que podemos fazer mais espalhando essa cultura popular”, explicou a coordenadora do projeto, Sayonara Gomes.

Participaram da abertura o poeta Robson Jampa; a diretora de Cultura Popular da Funjope, Francisca Leitão; participação especial do poeta Josinaldo Vieira que declamou um poema autoral “Vaqueiro do Nordeste”; a assessora pedagógica da Diretoria de Gestão Curricular da Sedec, Adriana Weiga, que falou sobre os instrumentos técnicos pedagógicos; e o assessor ambiental do Projeto Educação Ambiental da Sedec, Ismael Xavier de Araújo, cujo tema da apresentação foi “A globalização, cultura popular e o meio ambiente no trabalho das marisqueiras, lavadeiras de rio e a música “Chiclete com Banana” de Jackson do Pandeiro.

Quem também esteve presente foi a secretária adjunta da Sedec, América Castro. “Vocês que são professores de cordel tenham a certeza que são reconhecidos por todos nós. O programa funciona nas nossas escolas graças a cada um de vocês. Essa é uma cultura nossa que não vamos deixar acabar nunca. E precisamos dessas ferramentas que nos auxiliam a passar da melhor forma para os alunos os nossos conhecimentos. Obrigado a cada um”, disse.

O próximo encontro será no dia 16 de agosto, das 8h às 12h, também no Teatro Ednaldo do Egypto. Será abordado no campo da robótica o uso da ferramenta “stop motion animation”, a favor da cultura popular; poemas populares autorais e vivência escolar; Contribuição do Cordel ao Ensino de Teatro; e influências da Literatura de Cordel na prática escolar.

 

Fonte: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/professores-de-cordel-da-rede-municipal-iniciam-formacao-continuada-inspirada-na-musicalidade-de-jackson-do-pandeiro/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rua da Cidadania do Cajuru retoma o Encontro dos Artistas – Prefeitura de Curitiba/PR

    Recomeça nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no auditório da Rua da Cidadania do …