Diretores debatem como usar a inovação nos laboratórios das escolas – Prefeitura de Curitiba/PR

Como utilizar os recursos tecnológicos para aprimorar a maneira de ensinar? Como aproveitar melhor a estrutura já disponível nas escolas? O que fazer para estimular o protagonismo dos estudantes na solução de problemas?

Essas e outras questões foram abordadas durante o “Workshop para diretores: a inovação nos laboratórios de informática da rede municipal de ensino”, feito nesta segunda-feira (5/8), no auditório da Secretaria Municipal da Educação, no Alto da Glória.

“Vivemos muitas transformações nas últimas décadas e temos que pensar constantemente nas formas como podemos utilizar as novas tecnologias, e como podemos avançar de maneira que todas as nossas ações sejam integradas”, disse a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

O encontro teve como principal objetivo sensibilizar os gestores de escolas a transformarem seus Laboratórios de Informática em espaços de inovação, utilizando os recursos já existentes em cada unidade (computadores, netbooks, internet a cabo, projetor, robótica, lousa interativa, entre outros). 

Os diretores também receberam informações sobre os kits de robótica, programa Educação Conectada e manutenção de equipamentos.

A coordenadora de Tecnologias Digitais e Inovação, Estela Endlich, apresentou exemplos e inspirações para a organização dos laboratórios, com áreas para investigação, apresentação e compartilhamento das experiências. Um dos exemplos é o Laboratório Pedagógico de Inovação (Lapi) da secretaria.

“Modificamos a maneira de ensinar estimulando a criatividade, o pensamento crítico, englobando ciências, engenharia, matemática em desafios para os estudantes”, comentou Estela.

Ela abordou os conceitos de educação mão na massa, aprendizagem criativa, entre outros que já fazem parte da realidade nas salas de aula da rede municipal.  

“É importante, é desafiador. Sinto que o uso da tecnologia realmente estimula habilidades diferentes nos estudantes”, comentou a diretora Joselei Teresinha de Jesus Vieira, da Escola Dona Lula (Uberaba).

Leia mais:

•    Professores, estudantes e comunidade ganham laboratório de inovação

•    Em lançamento de projeto, Greca pede robótica com humanidade

•    Fotografia inspira estudantes em trabalho no 19º Farol da Inovação

Participaram do workshop os superintendentes Elisângela Mantagute (Gestão Educacional) e Oséias Santos de Oliveira (Executivo), além de chefes dos Núcleos Regionais de Educação, diretores de escolas e chefes de departamentos da secretaria.

Na prática

A inovação está presente em toda a rede municipal de ensino, em diversos programas, projetos e ações. Entre eles estão os Faróis do Saber e Inovação, lançados em 2017 como uma evolução dos Faróis do Saber, criados pelo prefeito Rafael Greca na década de 1990, em sua primeira gestão.

Antes estruturas com livros e acesso à internet, agora os faróis – abertos a estudantes a e toda a comunidade gratuitamente – oferecem também impressoras 3D para criação de protótipos, com a orientação de professores da rede municipal que passam por formação continuada.

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/diretores-debatem-como-usar-a-inovacao-nos-laboratorios-das-escolas/51835.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Programa João Pessoa Cidade Criativa Unesco é apresentado na CDL para futuras parcerias

O programa João Pessoa Cidade Criativa da Unesco foi apresentado para diretores da Câmaras de …