Líder do MDB do Senado quer leilão do pré-sal na pauta desta semana – Congresso em Foco

O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (MDB-AM), disse ao Congresso em Foco que vai solicitar na terça-feira (6) que seja pautada nesta semana a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) da cessão onerosa, que trata sobre o leilão dos excedentes do campos de exploração do pré-sal.

“Amanhã no colégio de líderes vou propor que entre na pauta dessa semana. Vamos ver se tem acordo pra votar”, disse Braga, que foi ministro de Minas e Energia.

O governo federal estima que as receitas do leilão dos excedentes do pré-sal devem ser de R$ 100 bilhões.

A proposta segue ritmo lento no Senado desde o final de 2018. Prevista para ser votada inicialmente pelo ex-presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), hoje ela depende da legislatura comandada por Davi Alcolumbre (DEM-AP).

> Guedes condiciona auxílio aos estados à reforma da Previdência

>Paulo Guedes tentará garantir revisão da cessão onerosa sem PL

Em 2018, a cessão onerosa foi aprovada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, mas como mudou a legislatura, a proposta volta para a análise da comissão.

Se Alcolumbre aprovar pedido de urgência, a cessão onerosa pode ser votada direto no Plenário da Casa Legislativa.

As receitas do leilão do pré-sal são de interesse principalmente dos governadores. Os mandatários querem que parte do que for arrecadado seja dividido com todos os entes da União.

O governo federal tem condicionado a destinação desses valores a aprovação das reformas da Previdência e tributária.

> Sem cessão onerosa, última semana de votações do Congresso em 2018 tem foco no orçamento

 

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

PSL dá 41 dos 83 votos contra urgência para abuso de autoridade; leia lista – Congresso em Foco

PSL deu quase metade dos votos contrários a urgência do abuso de autoridade Reprodução/Facebook Reprodução/Facebook …