Comissão ouve representantes da área internacional da prefeitura e do estado de São Paulo

DANIEL MONTEIRO
DA REDAÇÃO

Em reunião nesta terça-feira (6/08), a Comissão Extraordinária de Relações Internacionais da Câmara Municipal recebeu representantes da prefeitura e do estado de São Paulo. O principal objetivo foi estreitar o relacionamento das áreas internacionais do município e do estado com o Legislativo paulistano para ampliar a internacionalização da cidade.

O secretário Luiz Álvaro Salles Aguiar de Menezes, da Secretaria de Relações Internacionais da prefeitura paulistana, apresentou o trabalho que tem sido desenvolvido. Criada em 2001, a Secretaria de Relações Internacionais, de acordo com o secretário, busca promover ações de fomento ao comércio exterior e reforçar a posição global do município.

Também desenvolve ações para ampliar o relacionamento internacional da cidade, por meio de ações estratégicas que captem investimentos e realizem parcerias multilaterais e bilaterais. “É uma secretaria meio, ou seja, a finalidade é que sejamos um facilitador de ações entre diferentes pastas e atores para viabilizar negócios”, explicou o secretário.

Como uma capital “global”, como destacou Menezes, São Paulo possui a segunda maior rede consular do mundo: 48 consulados gerais, 45 consulados honorários, 33 câmaras comerciais e 11 escritórios comerciais. E peso econômico: concentra 11% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, como um polo atrativo voltado ao turismo de negócios, cultural, hospitalar e universitário.

A capital recebe anualmente 15 milhões de turistas, dos quais 2 milhões vindos do exterior, como lembrou o secretário. “Esse número representa quase um terço dos mais de 6 milhões de turistas internacionais que vêm ao Brasil anualmente, com enorme potencial a ser explorado pelo município. Queremos que esse turista, após passar por São Paulo para fazer negócios, estenda sua estadia e desfrute dos polos gastronômicos e culturais da cidade”, disse Menezes.

Para ampliar a presença internacional do município, as ações da secretaria se concentram em três áreas estratégicas: capacitação técnica e de recursos e a promoção da cidade no exterior. “Existem várias oportunidades de relacionamento com potencial para difundir São Paulo e trazer recursos para a cidade”, pontuou.

Na avaliação de Maristela Basso, assessora especial da Secretaria Extraordinária de Relações Internacionais do Estado de São Paulo, as atividades desenvolvidas pelo município são complementares às promovidas pelo estado. “Essa apresentação mostrou uma complementaridade entre as duas secretarias, de forma que enxergamos a possibilidade de integração das ações realizadas entre os governos municipal e estadual, com o apoio político do Legislativo”, disse Maristela.

Presidente da Comissão Extraordinária de Relações Internacionais da Câmara, a vereadora Janaína Lima (NOVO) propôs a realização de um encontro bimestral entre vereadores membros da comissão e representantes das secretarias estadual e municipal. “Vai servir para alinhar as ações desenvolvidas pelas pastas e pela Câmara, de modo a focar em maiores investimentos, recursos e mais desenvolvimento para a cidade de São Paulo”, reforçou Janaína.

Também estiveram presentes os vereadores Adriana Ramalho (PSDB) e André Santos (PRB).

Fonte Oficial: http://www.saopaulo.sp.leg.br/blog/comissao-ouve-representantes-da-area-internacional-da-prefeitura-e-do-estado-de-sao-paulo/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Confira os destaques da segunda semana de agosto

Atualizado em (16/08/2019 – 18h00) | Cidade, Geral, Notícias, Redes Sociais …