CDH vai discutir decisões judiciais contra o INSS — Senado Notícias

A judicialização de decisões do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a garantia da ordem social será tema de debate na Comissão de Direitos Humanos  (CDH), na próxima terça-feira (13), às 9h, a pedido do presidente do colegiado, senador Paulo Paim (PT-RS).

De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), em 2017, foram pagos R$ 92 bilhões em benefícios do INSS por decisão judicial, o que representou mais de 15% da despesa total com benefícios previdenciários e assistenciais.

No final de abril, quando o Senado analisava a Medida Provisória 871/2019, editada pelo governo para investigar fraudes no INSS, a comissão mista realizou uma audiência pública. O representante do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Diego Cherulli, afirmou que o “pente-fino” realizado durante o governo do ex-presidente Michel Temer cancelou, em dois anos, 80% dos benefícios de auxílio-doença e 30% das aposentadorias por invalidez revisados, o que teria causado uma explosão de ações na Justiça Federal.

— A MP não vai reduzir a judicialização, vai aumentar. O pente-fino cessou 80% dos benefícios na primeira fase. Desses cessados, a maioria foi para o Judiciário — ressaltou.

A reunião deve contar com a participação do procurador-chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS, Adler Anaximandro de Cruz e Alves; da presidente do IBDP, Adriane Bramante de Castro Ladenthin; e do advogado, professor especialista em Direito Previdenciário e assessor jurídico da Federação dos Aposentados do Distrito Federal e do Espírito Santo, Diego Manteiro Cherulli.

Também foram convidados o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Fernando Marcelo Mendes; a representante da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), Ludmylla Mariana Anselmo; o auditor da Secretaria de Controle Externo da Previdência e Assistência Social do Tribunal de Contas da União (TCU), Tiago Alves de Gouveia; a representante da Associação dos Peritos Médicos Judiciais, Ana Carolina de Almeida; e a procuradora da República no Distrito Federal, Eliana Pires Rocha.

A reunião acontecerá na sala 6 da Ala Nilo Coelho e será interativa, aberta à participação dos cidadãos pela internet ou por telefone.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/08/12/cdh-vai-discutir-decisoes-judiciais-contra-o-inss.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Defesa da Previdência Social será tema de debate na CDH na quarta-feira — Senado Notícias

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) fará na quarta-feira (14), às 11h, …