Senador do PT apoia estados na reforma se houver compensação previdenciária – Congresso em Foco

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) disse nesta segunda-feira (12) ao Congresso em Foco que pode apoiar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) paralela que inclui estados e municípios na reforma da Previdência, mas somente se o governo federal criar um fundo com verbas para compensar perdas financeiras de servidores estaduais e municipais.

No dia 7 de agosto, a Câmara dos Deputados aprovou a reforma da Previdência em 2º turno, mas sem incluir estados e municípios.

>Previdência: veja o voto de cada deputado no segundo turno

> Governador do PT prepara reforma da Previdência no Piauí

No entanto, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), relator da proposta no Senado, disse que será criada uma PEC (Projeto de Emenda à Constituição) paralela para incluir os estados na reforma.

Dentro do PT, quem é mais ativo na defesa da inclusão dos estados na reforma previdenciária é o governador Wellington Dias (PI). Mas ele está desesperançoso que o Congresso Nacional consiga reincluir esse ponto na reforma em tramitação.

Apesar de trabalhar com a possibilidade de apoiar os entes da federação na alteração da Previdência, o senador Rogério Carvalho é crítico ao texto principal que foi aprovado na Câmara e está em análise do Senado.

“O governo não tem diálogo, eles querem aprovar o texto do mesmo modo que  veio da Câmara”, disse.

> Relatório da Previdência deve ser votado em setembro, diz Simone Tebet

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Provimento da Corregedoria define prazo para comunicação de óbitos ao INSS pelos cartórios – AASP

A Corregedoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte editou provimento que modifica o …