Para entender o histórico da Linha Verde – Prefeitura de Curitiba/PR

A Linha Verde é o 6º eixo de transporte e de integração viária de Curitiba.

São 22 quilômetros de extensão (pelo leito da BR-476) ligando a cidade do Sul ao Norte desde o Pinheirinho ao Atuba, beneficiando 22 bairros numa área de abrangência de 287 mil pessoas.

Final dos anos 90

O projeto Eixo Metropolitano começa a ser planejado para unir os lados Norte e Sul da cidade.

A ligação era feita pela BR-476 (antiga BR-116), que liga Adrianópolis a São Mateus do Sul, com pistas simples, dificultando o desenvolvimento de bairros como Boqueirão e Bairro Novo, recém-criado.

2002

Começa o projeto do Eixo Metropolitano no Instituto de Planejamento e Pesquisa Urbana de Curitiba (Ippuc)

2004

O governo federal transfere ao município de Curitiba a responsabilidade e o domínio do eixo urbano da BR-476, no trecho compreendido entre o Contorno Sul e o Trevo do Atuba. A autorização, pela União, é fruto do Convênio de Delegação 003/2004, firmado entre a Prefeitura de Curitiba e o Ministério dos Transportes.

2005

O projeto Eixo Metropolitano é “batizado” de Linha Verde.

2007

A Linha Verde começou a ser construída no dia 12 de janeiro de 2007, no trecho sul.

O trecho de obras foi do Pinheirinho ao bairro Jardim Botânico, 200 metros antes do viaduto da BR-277, próximo à Universidade Federal do Paraná (logo depois da passarela de pedestres), numa extensão de 9,4km.

2009

Trecho sul da Linha Verde é concluído em maio de 2009.

Neste trecho seis estações estão em operação com o Ligeirão (Pinheirinho, Vila São Pedro, Xaxim, Santa Bernadethe, Fanny e Marechal Floriano) na ligação ao Centro da cidade (Lourenço Pinto).

2010

Começam as obras da Linha Verde Norte – Lote 1: Entre a UFPR e a Praça Cova da Iria (Estação Jardim Botânico). Extensão aproximada de 1,8 km. Teve seu início no ano de 2010, com recursos parciais da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

2011

Operação Urbana Consorciada Linha Verde criada pela Lei 13.909, de 19 de dezembro de 2011.

2012

Em 26 de junho de 2012 é realizado na Bolsa de Valores de São Paulo o primeiro leilão do Certificados de Potencial Adicional de Construção (CEPAC).

Desde o início da Operação Urbana Consorciada Linha Verde, há sete anos, houve seis leilões (2012, 2014, 2016, 2017, 2018, 2019), cuja soma arrecadou R$ 40,5 milhões, com a venda de 180 mil certificados.

2014

No sentido Sul, entre o Terminal do Pinheirinho e a Rua Isaac Ferreira da Cruz, foram implantados mais 1,7 km da Linha Verde. A obra fez parte dos compromissos assumidos pela Prefeitura de Curitiba na Matriz de Responsabilidades firmada com o governo federal, no processo de preparação da cidade para a Copa Fifa 2014. Concluído em 2014.

2015

Linha Verde Norte – Lote 1: Entre a UFPR e a Praça Cova da Iria (Estação Jardim Botânico). (extensão aproximada 1,8km). Concluídas as obras do Lote 1 da Linha Verde Norte, iniciadas em 2010 .

Linha Verde Norte – Lote 3.1 Eixo – Avenida Victor Ferreira do Amaral – Rio Bacacheri (Estações Fagundes Varela e Vila Olímpica), extensão aproximada 2,46 km. Início das obras do lote 3.1 da Linha Verde Norte. Obra não finalizada pela empresa. Porcentual executado da obra até julho de 2019: 85%

2016

Linha Verde Norte – Lote 3.2 – Trincheira Fulvio Alice. Obras iniciadas em outubro de 2016. A trincheira forma o binário com a Gustavo Rattman/José Zgoda, na ligação com o Bairro Alto por baixo da Linha Verde. Obra não finalizada pela empresa. Porcentual executado até julho de 2019: 75%

2017

Em 20 de setembro foi realizado o primeiro leilão de Certificados de Potencial Adicional de Construção (CEPAC) da gestão do prefeito Rafael Greca. Foram arrecadados R$ 2,5 milhões provenientes da comercialização de 7.619 certificados.

2018

Realizado em maio, novo leilão da Operação Urbana Consorciada (OUC) Linha Verde, com arrecadação de R$ 1 milhão com a venda de 3.024 Cepacs

Linha Verde Norte – Lote 4.1 – Estação Solar – Estação Atuba (Eixo) – Obras iniciadas em novembro de 2018. Obra não finalizada pela empresa.  Porcentual executado da obra até julho de 2019: 4%

2019

Em novo leilão de Certificados de Potencial Adicional de Construção foram arrecadados R$ 427,7 mil, com a venda de 1.273 Cepacs. Desde a retomada dos leilões pela Prefeitura, na gestão Rafael Greca, foram vendidos R$ 3,9 milhões em certificados.

Linha Verde Norte – Lote 2.1 – Viaduto/Estação Tarumã “Viaduto Triplo”– Eixo de Transporte – extensão aproximada de 0,72km. O edital de licitação foi republicado pela Prefeitura em 24 de junho, com aviso no Diário Oficial da União, após atualização de orçamento. Propostas abertas em julho. Em fase de análise de documentação da empresa.

Linha Verde Norte – Lote 4.1 (B) – Parque Atuba – Compensação Ambiental. A ser relicitado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Linha Verde Norte – Lote 4.2 (A) – Binário Tietê/Mucuri – Para a integração e alimentação da Estação Solar. Projetos em análise pela Caixa Econômica Federal.

Lote 2 Sul/Sul – Rua Isaac Ferreira da Cruz até o Contorno Sul (Eixo) – Extensão aproximada 1,8 km. Em fase final de aprovação. A extensão da Linha Verde Sul, localiza-se entre os bairros Pinheirinho e Cidade Industrial e serve de acesso a parte sul da cidade, principalmente aos bairros Sítio Cercado, Umbará, Tatuquara e Campo de Santana e ainda aos municípios da Região Metropolitana como Araucária, Contenda, Lapa, Fazenda Rio Grande e Mandirituba. Em fase de definição de fonte de financiamento para a obra.

Rescindido contrato com a empresa Terpasul, responsável pelos lotes 3.1, 3.2 e 4.1 da Linha Verde Norte. Os dois primeiros lotes serão relicitados e o último será verificada a possibilidade do chamamento da empresa segunda colocada na licitação. Caso isso não seja possível, será feita nova licitação.

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/para-entender-o-historico-da-linha-verde/51996.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

GPS para 100% da frota de ônibus será apresentado nesta quarta

A prefeitura apresenta, às 11h desta quarta-feira, 14, o sistema de localização por serviço de …