Cardiologista orienta sobre prevenção a problemas cardiovasculares

As doenças cardiovasculares atingem o coração e os vasos sanguíneos, provocando graves complicações à saúde como infarto, insuficiência cardíaca, arritmias, AVC ou outros tipos de alterações na circulação de sangue. Para se prevenir contra essas patologias, é importante aderir a hábitos saudáveis em sua rotina, conforme orientam os especialistas na área. Nesta quarta-feira (14) é comemorado o Dia Nacional do Cardiologista.

De acordo com Fúlvio Petrucci, cardiologista do Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI), a prevenção deve começar ainda na juventude. “A prevalência de doenças cardiovasculares está cada vez mais frequente em pessoas de faixas etárias mais jovens, em especial nos homens entre 40 e 50 anos. A mulher tem uma prevalência menor, em virtude dos hormônios femininos”, explicou.

Ainda segundo o cardiologista, uma prevenção eficaz acontece por meio de medidas comportamentais. “Ou seja, mudança de estilo de vida, que é difícil para qualquer pessoa, mas é necessário. É importante ter uma alimentação saudável, valorizando frutas, legumes e verduras e evitando carboidratos e gordura saturada”, afirmou.

O médico destacou o uso do cigarro e a ingestão de bebida alcoólica como hábitos de risco para problemas cardiovasculares. Ele aponta, ainda, a importância da prática de atividades físicas na prevenção. “Evita a obesidade que é uma doença considerada inflamatória e tem uma série de repercussões no organismo, especialmente alterações de colesterol e triglicerídeos, alterações da glicose e alterações de diabetes”, disse.

“Atualmente, os fatores que fazem indivíduos mais jovens serem cada vez mais afetados é o novo estilo de vida de um mundo moderno, pois trabalham muito, com alto nível de estresse para cumprir metas cada vez mais desafiadoras e menos tempo para atividade física e para se alimentar. Tudo isso se reflete em sobrepeso, aumento de diabetes, aumento de hipertensão e outros problemas”, completou.

Para os pacientes que já possuem algum problema cardiovascular é importante ficar atento à medicação adequada. “Nesses pacientes a gente tem que ser mais agressivo no ponto de vista medicamentoso. Pacientes que tiveram infarto ou AVC precisam ter pressão arterial controlada e colesterol LDL, que é o mau colesterol, em níveis muito baixos, por meio não só da dieta, mas também por meio da medicação, que é uma arma muito importante no controle desses pacientes”, explicou.

Serviço – Em João Pessoa, a Rede Municipal de Saúde disponibiliza a especialidade de cardiologia no Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI) e nas policlínicas municipais. A unidade hospitalar possui serviço especializado em cardiologia, atendendo urgências cardiológicas, encaminhadas pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

Para ter acesso aos especialistas nas policlínicas, o usuário deve procurar primeiro o médico de sua Unidade de Saúde da Família (USF) de referência, que o encaminhamento para a consulta especializada.

Dia do Cardiologista – O Dia Nacional do Cardiologista foi criado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em 2007 com a finalidade de valorizar a especialidade junto à sociedade e lembrar sobre as recomendações dos profissionais sobre a importância dos hábitos de vida saudável para o coração e para saúde como um todo. Também foi no dia 14 de agosto de 1943, que foi fundada a SBC.

 

Fonte: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/cardiologista-orienta-sobre-prevencao-a-problemas-cardiovasculares/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Moradores do Cajuru elegem ações na Saúde e Esporte no Fala Curitiba – Prefeitura de Curitiba/PR

Já estão definidas as prioridades de cada região eleitas pela população de Curitiba para compor …