Aprovada recondução de indicado do STJ ao CNMP – STJ

​​O Senado Federal aprovou na última terça-feira (6) o nome de Luciano Nunes Maia para recondução ao cargo de conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). A indicação do juiz ocorreu em maio, pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ), como prevê o artigo 130-A da Constituição Federal.

Após a indicação, o nome do juiz passou pela aprovação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal, obtendo 18 votos favoráveis e nenhum contrário. O Plenário do Senado confirmou a escolha.

Luciano Nunes Maia é oriundo do Tribunal de Justiça do Ceará e atuou na comarca de Fortaleza. Também exerceu jurisdição eleitoral por mais de dez anos. É formado pela Universidade de Fortaleza, tem pós-graduação em ciência política e mestrado em direito pela Universidade de Lisboa. O primeiro mandato de Maia no CNMP teve início em 14 de agosto de 2017. 

Competê​​ncia

De acordo com o artigo 103-B da Constituição Federal, compete ao STJ indicar um desembargador de TRF e um juiz federal para os quadros do CNJ. Já o artigo 130-A atribui à corte a prerrogativa de indicar um juiz para o CNMP.

O Regimento Interno do STJ, em seu artigo 21, inciso XXXII, prevê que a lista dos magistrados inscritos para as vagas dos conselhos, com links para os respectivos currículos, será colocada à disposição do público, inclusive na página eletrônica do tribunal. A indicação às vagas é definida em sessão do Pleno, por votação secreta. 

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/-P27B3z17jo/Aprovada-reconducao-de-indicado-do-STJ-ao-CNMP.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Práticas de arbitragem serão tema de painel no STJ, nesta terça-feira (13) – STJ

​​​​Em 13 de agosto, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) promoverá o painel "Retrato Atual …