Operação resgata cães de raça em criadouro irregular no São Braz – Prefeitura de Curitiba/PR

Uma operação de fiscalização feita na manhã desta quinta-feira (15/8) resultou na apreensão de 16 cães de raça em um canil clandestino no bairro São Braz, em Curitiba. O responsável pela criação dos animais foi autuado em R$ 48 mil.

A ação conjunta da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba e da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, da Polícia Civil, aconteceu após denúncia feita pela Central 156. Foi confirmada a suspeita de criação, prática proibida pela lei municipal 13.914/2011.

Eram 13 fêmeas e três machos da raça spitz alemão anão ou lulu da Pomerânia. Uma cadela estava prenha e dois dos animais apreendidos eram filhotes.

Os animais foram encaminhados para a ONG Salva Bicho, parceira da Prefeitura, que fica como fiel depositária.

O responsável tem dez dias para entrar com recurso.

Maus-tratos

Na última terça-feira (13/8) outra operação conjunta apreendeu mais de 70 animais, incluindo os de um canil irregular em São José dos Pinhais. Em um pet shop no Boqueirão, em Curitiba, a Rede aplicou multa de R$ 66 mil por maus-tratos e comércio irregular, sem comprovação de procedência.

Como coibir

A população pode denunciar esse tipo de prática de criação ilegal pela Central 156. “Mas uma das formas mais eficientes de se coibir a venda ilegal e os canis clandestinos é optar pela adoção, em vez da compra de animais”, pondera a chefe da Rede de Proteção Animal, Vivien Midori Morikawa.

A Prefeitura conta com uma campanha permanente de adoção de cães e gatos no Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar). O centro fica na Rua Lodovico Kaminski, 1.381, CIC, e funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 16h30. Aos sábados, domingos e feriados, o atendimento acontece das 9h às 12h e das 13h30 às 15h30.

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/operacao-resgata-caes-de-raca-em-criadouro-irregular-no-sao-braz/52040.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Unesco lança fundo pioneiro para educação em Porto Alegre

A Unesco, o poder público e a sociedade civil organizada firmaram, nessa quinta-feira, 15, uma …