Coro de mil vozes saúda a Independência do Brasil no Bairro Novo – Prefeitura de Curitiba/PR

 

Emoção e um forte sentimento de patriotismo marcaram, na tarde desta quinta-feira (5/9), o ato cívico da Regional Bairro Novo em alusão à Semana da Pátria.

Um coro com mil vozes de curitibinhas de escolas municipais da região cantou o Hino Nacional e emocionou pais e a comunidade que prestigiaram o evento, no Centro de Esporte e Lazer do Bairro Novo, no Sítio Cercado.

“Nós fizemos isso para que vocês guardem, na cabeça e no coração, o momento em que nasceu o Brasil, há 197 anos”, disse o prefeito Rafael Greca aos curitibinhas.

Greca aconselhou as crianças a obedecer pais e professores e também a se dedicar aos estudos para aprender a ler, escrever e contar.

“O Nosso Brasil é muito grande. Aqui nós estamos neste frio tremendo e lá Amazônia, onde vive a onça, está muito quente. Nosso amor pelo Brasil tem que ser tão grande quanto é este país”, disse o prefeito.

Brilho nos olhos

“É uma energia muito boa trabalhar este tema com as crianças. A gente vê o brilho nos olhos de quem está aprendendo com o nosso trabalho. É uma dádiva!”, disse a atriz Lilian Marchiori.

Com outros três atores, Lilian integra o grupo que neste ano apresenta uma pequena peça sobre a história da Independência do Brasil nos atos cívicos das regionais. Ela interpreta a imperatriz Maria Leopoldina, esposa de Dom Pedro I.

História ao vivo

A peça da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) sobre a História da Independência começa com o personagem Curitibinha (o ator Douglas Perez) perguntando a uma professora da rede municipal (a atriz Ingrid Bozza) como foi que tudo aconteceu. Então, retrata-se o momento em que a esposa de Dom Pedro, Maria Leopoldina escreve uma carta, aconselhada por José Bonifácio.

Na carta, ela narra as ordens vindas de Lisboa para que o príncipe voltasse para Portugal, o que faria o Brasil retornar ao status de colônia. Ela recomenda que o marido proclame a independência do País.

Neste momento, o soldado da Polícia Militar Elder Aurélio de Andrade Purkotte, caracterizado como Dom Pedro I, entrou no centro de esportes montado num cavalo branco para o brado de histórico: “independência ou morte”.

Crianças em cena

Como parte das comemorações do ato cívico, crianças da Guarda Mirim da Escola Municipal Rio Negro fizeram a entrega das bandeiras do Brasil, do Paraná e de Curitiba pela Guarda Municipal e execução do Hino à Independência pela Banda Lyra.

A curitibinha Manoela Pereira, da Escola Municipal Paulo Esmanhoto, fez a leitura de um trecho da música do compositor Toquinho, Herdeiros do Futuro, e também houve apresentação da banda da Escola Municipal Miracy Rodrigues de Araújo.

Participaram também do evento as escolas Professora Natália Deconto Costa, Pedro Viriato Parigot de Souza, Heráclito Fontoura Sobral Pinto, Miracy Rodrigues Araújo, Professora Carmem Salomão Teixeira, Professora Rejane Maria Silveira Sachette, Professora Maria Neide Gabardo Betiatto, Rio Negro e Paulo Esmanhoto.

Prestigiaram o evento, o vice-prefeito Eduardo Pimentel, a secretária da Educação, Maria Sílvia Bacila, a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro, o comandante da 5ª Região Militar, general Aléssio Oliveira da Silva, o vereador Beto Moraes, o comandante da Guarda Municipal, Carlos Celso dos Santos, o vereador Beto Moraes e o administrador regional Fernando Werneck.

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/coro-de-mil-vozes-sauda-a-independencia-do-brasil-no-bairro-novo/52450.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

EPTC abre estacionamento no Acampamento Farroupilha

Começa a funcionar nesta sexta-feira, 6, o estacionamento da Empresa Pública de Transporte e Circulação …