Conexão Eleitoral mostra lançamento do Programa de Enfrentamento à Desinformação — Tribunal Superior Eleitoral

O lançamento do Programa de Enfrentamento è Desinformação com Foco nas Eleições 2020 é destaque no Conexão Eleitoral desta semana. O evento reuniu 34 instituições convidadas, entre partidos políticos e entidades públicas e privadas, que assinaram o termo de adesão à iniciativa. O programa tem a finalidade de enfrentar os efeitos negativos provocados pela desinformação à imagem e à credibilidade da Justiça Eleitoral, à realização das eleições e aos atores envolvidos no pleito.

A edição também mostra como é o julgamento das prestações de contas de candidatos e partidos políticos pela Justiça Eleitoral. Todos aqueles que disputam um pleito precisam apresentar os comprovantes dos valores arrecadados e os gastos nas campanhas para impedir distorções no processo eleitoral, o abuso de poder econômico e desvios de finalidade na utilização dos recursos arrecadados, bem como preservar, dentro da legalidade, a igualdade de condições na disputa eleitoral.

O Conexão ainda fala sobre as vantagens do Processo Judicial Eletrônico (PJe). O sistema trouxe mais agilidade e segurança às ações que tramitam na Justiça Eleitoral. O PJe facilitou as informações, as decisões e os despachos, permitindo uma resposta mais rápida das partes. Com a implantação do sistema na primeira instância, as Eleições Municipais de 2020 ganharão maior celeridade.

O programa

Produzido pelo Núcleo de Rádio e TV da Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (Ascom/TSE), o Conexão Eleitoral vai ao ar pela TV Justiça às segundas-feiras, às 19h30. As reprises ocorrem nos seguintes dias e horários: quartas, às 11h; quintas, às 20h30; sábados, às 5h; e domingos, às 21h.

O programa também está disponível na página da Justiça Eleitoral no YouTube.

AN/JB, DM

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2019/Setembro/conexao-eleitoral-mostra-lancamento-do-programa-de-enfrentamento-a-desinformacao.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Plenário aprova parcialmente pedido de alteração estatutária do PSL — Tribunal Superior Eleitoral

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou parcialmente, nesta quinta-feira (5), o pedido de …