Berimbaobab Brasil se apresenta na Casa da Pólvora neste domingo

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Após temporada na França, o grupo Berimbaobab Brasil se apresenta neste domingo (8), 16h, no Centro Cultural Casa da Pólvora, no Centro Histórico da Capital. O show marca o retorno do grupo após turnê, no mês passado, e está incluído na programação do AnimaCentro, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

Nesta apresentação, haverá ainda o Show das Tribos, com Gláucia Lima, Soraia Bandeira e Izzah Ribeiro; e Mistérios de Cabôco, com Erivan Araújo. O músico Adeildo Vieira, componente do grupo, contou que este domingo funcionará como uma espécie de prestação de contas da turnê.

“Serão mais de duas horas de show. De certa forma, a gente vem aqui mostrar o que a gente levou para lá. Desta vez estaremos com a banda e vamos tocar os três shows. Será uma prestação de contas de nossa ida para lá, que a nosso ver, foi muito exitosa. Para o show a gente está trazendo toda esta carga de energia, emoção e unidade que a gente criou lá. A gente deixou lá sementes importantes que vão frutificar para os anos vindouros”, explicou Adeildo Vieira.

A cantora Gláucia Lima comentou que, além do enriquecimento artístico, a turnê serviu como uma oxigenação para todos do grupo e estreitou os laços. Foram para a turnê 13 pessoas e lá realizamos uma série de oficinas em terras francesas.

“Levamos estas oficinas que foram maravilhosas e que nos manteve em contato muito mais profundo com as pessoas. As experiências foram maravilhosas com estas oficinas e isto dá uma renovada muito grande. Porque, como todo mundo sabe, a gente está passando por momentos difíceis e quando a arte é oxigenada desta forma, a gente também se oxigena, limpa os pulmões, cérebro e sangue. E as relações entre as pessoas do grupo também recebem esta limpeza e esta clareza”, observou Glaucia Lima.

Neste show, haverá ainda apresentação do corpo de dança, formado por Karla Oliveira, Ayleen Vant e Vant Vaz, que compõem a Tribo Ethnos. “Eu acho que o que enriquece mais são os encontros que a gente consegue fazer a partir da arte, as pessoas que a gente consegue tocar através do movimento. A gente chegou lá levando ritmos brasileiros no corpo, movimentos brasileiros e a gente percebe que existe um encantamento das pessoas. Elas se vislumbram não só com a musicalidade brasileira, mas com as movimentações. Então a nossa cultura é muito preciosa e lá eu senti muita atenção para isto, como não tem atenção daqui, questão de valorizar”, acrescentou Karla.

No local, também será apresentado um coletivo com 10 empreendedores criativos que deverão expor seus produtos das 16h até 19h, em uma ocupação artística e colaborativa inédita. A expectativa é conectar o público visitante a essas pessoas, agregando valor e fortalecendo parcerias.

Além das apresentações musicais, no local, haverá outras atividades de 14h até 17h, como a Mostra fotográfica “Mudando de Lugar”, de Walfredo Rodriguez, que resgata a discussão sobre o momento em que a capital paraibana passa a assumir contornos de cidade.

A partir das 15h, haverá a ocupação pacífica do projeto “No Balaio” com feira criativa, árvore dos sonhos, brechó Berimbaobab, Ibeji Ateliê Afro, entre outros expositores. Também haverá apresentação de maculelê, coco de roda e roda de capoeira com o grupo Axé Capoeira.

Outra atração do dia será o DJ Looparina, um projeto do produtor musical e percussionista Felipe Ceará, que mistura fragmentos da cultura popular e ritualística brasileira com loops, sintetizadores, theremins e outros instrumentos construídos por ele mesmo. As músicas utilizadas, algumas são gravações originais captadas em rituais em suas pesquisas de campo, outras são feitas e cedidas por artistas, outras ainda são remixes de remixes já produzidos por colegas produtores. Como resultado, o caos e o divino maravilhoso se unem para comporem côcos elétricos, maracatus atômicos e batuques sensations.

AnimaCentro – As atividades que acontecem no Centro Cultural Casa da Pólvora estão inseridas entra as ações culturais do projeto AnimaCentro, que oferece programação cultural gratuita e tem o objetivo de fortalecer as artes, valorizar os artistas locais e o popularizar os espaços históricos revitalizados. O projeto acontece em vários polos da cidade.

SERVIÇO:

PÓLVORA CULTURAL

Atrações: Berimbaobab Brasil, Grupo de dança Tribo Ethnos e Dj Laporina

Domingo (8)

Hora: 14h às 19h

Local: Centro Cultural Casa da Pólvora – Centro Histórico

Evento gratuito

Contato para imprensa:

Fuzuê – Difusora de Cultura

Assessoria de imprensa: Rammom Monte – (83) 98890-6723

Fonte: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/berimbaobab-brasil-se-apresenta-na-casa-da-polvora-neste-domingo/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Festival de Música de Porto Alegre tem mais de 20 classificados

O 14º Festival de Música de Porto Alegre já tem 21 artistas classificados na Categoria …