Projeto de preservação dos rios de Santa Felicidade ganha Selo Sesi ODS – Prefeitura de Curitiba/PR

O projeto Parceiros em busca de uma Santa Felicidade: rio que te quero rindo!, desenvolvido em 19 escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) da Regional de Santa Felicidade, envolvendo cerca de 5 mil curitibinhas na preservação de rios da região, recebeu na última quinta-feira (5/9), o Selo Sesi Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) de 2019.

O selo é um reconhecimento da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), às iniciativas de todo o Estado que desenvolvem ações dentro dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os ODS  foram definidos em 2015, pela Organização das Nações Unidas, como objetivos que precisam ser priorizados para melhorar a qualidade de vida no planeta. Entre eles estão o combate à pobreza, à fome, a redução de desigualdades.

Cursos de água

Voltado à educação ambiental a partir da preservação dos cursos de água da região, o projeto Rio que te quero rindo! é desenvolvido por meio de parceria entre o Núcleo Regional da Secretaria Municipal da Educação de Santa Felicidade, Clube de Pesca de Santa Felicidade e a Igreja Matriz São José.

As ações do projeto acontecem a pouco mais de dois anos, envolve crianças e estudantes que participam de atividades de observação e preservação dos rios da região. O projeto trabalha os ODS 3, 4, 6, 11 e 17. Conheça aqui os ODS.

Aprendizado

As turmas observam as condições dos rios Mossunguê, Cascatinha, Três Marias e Wolff, do Ribeirão do Mueller e do Córrego São Braz, entre outros cursos de água, e depois participam de diferentes atividades escolares a partir desse aprendizado.

Esses cursos de água integram as bacias dos rios Barigui e Passaúna, que é um dos mananciais para abastecimento de água em Curitiba e na Região Metropolitana.

De acordo com a faixa etária de cada turma envolvida, as crianças produzem trabalhos que são compilados em um livro. Além da produção textual em diferentes gêneros, os estudantes produzem peças teatrais e participam de aulas de campo.

 “Nossas unidades escolares desenvolvem ações comprometidas com a Sustentabilidade e a Agenda 2030”, diz a chefe do núcleo da educação, Denise Lipinski.

5 mil curitibinhas

Participam do projeto as escolas municipais Ana Hella, CEI Júlio Moreira, CEI Pedro Dallabona, CEI Raoul Wallenberg, dos Vinhedos, Professora Sônia Mariua Coimbra Kenski, Vereador João Stival, Walter Hoerner e os Cmeis Conunto Monti Verdi, Conjunto Piquiri, Dinalva Túlio, Jardim Saturno, Nelsom Bufara, Professora Lygia Carneiro, Professora Maria Viezzer Hermann, São Braz, São João, e União das Vilas. Juntas, essas unidades somam aproximadamente 5 mil crianças e estudantes.

Outros ações promovidas na Rede Municipal de Ensino de Curitiba também receberam o Selo Sesi, entre eles, o programa Linhas do Conhecimento que promove aulas de campo em espaços públicos da cidade.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila destaca que a pasta mantém constante debate sobre os ODS nas unidades, promovendo práticas formativas, atividades e experimentações com professores e estudantes.

“As demandas por mudanças de comportamento em prol da sociedade e do meio ambiente estão conduzindo a um repensar da educação e as propostas pedagógicas estão mais centradas no protagonismo”, destaca a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

 

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/projeto-de-preservacao-dos-rios-de-santa-felicidade-ganha-selo-sesi-ods/52480.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rua da Cidadania do Cajuru retoma o Encontro dos Artistas – Prefeitura de Curitiba/PR

    Recomeça nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no auditório da Rua da Cidadania do …