Psicólogo, advogada e analista judiciário levam prêmios do Nota Curitibana – Prefeitura de Curitiba/PR

Um psicólogo, uma advogada e um analista judiciário foram os ganhadores do 18º sorteio do Nota Curitibana, programa que incentiva a emissão de nota fiscal na área de serviços, contribui para inibir a sonegação de impostos e distribui prêmios para o contribuinte. Os cheques foram entregues nesta segunda-feira (9/9) pelo prefeito Rafael Greca, no Palácio 29 de Março.

Bruno Almeida foi o ganhador do prêmio de R$ 50 mil, Isabel Cristina Storrer Weber ganhou o segundo, de R$ 20 mil, e Roberto Marini Steck o terceiro, de R$ 10 mil.

Desta vez, o Hospital Pequeno Príncipe foi premiado duas vezes. A instituição foi indicada pelos ganhadores do segundo e do terceiro prêmio. O vencedor do primeiro prêmio não indicou nenhuma entidade.

O hospital ganhou um prêmio de R$ 10 mil e outro de R$ 5 mil. “É um hospital que completa 100 anos no mês que vem e que está presente na história da cidade”, disse o prefeito, que entregou os prêmios acompanhado pelo secretário de Finanças, Vitor Puppi.

“Como 60% dos nossos atendimentos são pelo SUS, temos todo ano que completar nossos recursos por meio de captação. Um prêmio como esse é muito importante para a continuidade dos nossos trabalhos”, disse Rodrigo Bonfim, coordenador de relações institucionais. Ele recebeu o prêmio com o supervisor de captação de recursos, Denis Carneiro.

Pelas regras do programa Nota Curitibana, ao participar do sorteio, o contribuinte pode indicar até duas entidades sociais, que vão ganhar o equivalente à metade do prêmio do sorteado. 

“Tenho uma relação afetiva com o hospital. Todo mundo que tem filhos passou pelo menos uma vez no Pequeno Príncipe”, disse Isabel Cristina, que indicou a entidade. Ela, que ganhou R$ 20 mil, diz que acha importante o prêmio por educar o cidadão a pedir CPF na nota. “Estamos pagando esse imposto, nada mais justo pedir nota”, disse.

Para o ganhador do primeiro prêmio, os R$ 50 mil vieram em boa hora.

“Roubaram meu carro há 15 dias e esse recurso vai me ajudar a repor essa perda e, além disso, ajudar a família”, disse Bruno Almeida.

O analista Roberto Marini Steck disse que sempre insiste para que o estabelecimento registre o CPF na nota. “Alguns ainda resistem, mas está ficando mais fácil e automático”, afirmou.   

O sorteio

Concorreram neste sorteio 1.190.404 bilhetes para 62.611 pessoas. Os cupons são referentes às notas pedidas no mês de junho de 2019.

Lançado no ano passado, o Nota Curitibana já distribuiu R$ 4,31 milhões em prêmios, com 109.113 cidadãos cadastrados e 119.861 estabelecimentos emitentes.

Como participar

Para participar dos sorteios do programa, o contribuinte precisa fazer um cadastro no site do Nota Curitibana e informar o CPF na emissão da nota fiscal.

É possível pedir o CPF na nota em estabelecimentos do setor de serviços, como oficinas mecânicas, escolas, cursos educacionais, academias, gráficas, salões de beleza, pet shops, estacionamentos.

É gerado um bilhete na primeira nota fiscal eletrônica do mês, independentemente do valor, e, na sequência, a cada R$ 50, com validade para o mês do respectivo sorteio. 

Além dos prêmios, os participantes podem abater até 30% do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/psicologo-advogada-e-analista-judiciario-levam-premios-do-nota-curitibana/52513.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Sine Municipal tem 252 vagas de emprego nesta terça

Para quem está à procura de emprego, 252 postos de trabalho estão disponíveis no Sine …