Para Girão, interessados em enfraquecer a Lava Jato definem destino de recursos — Senado Notícias

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) disse nesta segunda-feira (9), em Plenário, ser uma contradição que algumas autoridades interessadas em enfraquecer a operação Lava Jato, o combate à corrupção e a recuperação de dinheiro público desviado, sejam as mesmas que estão definindo o destino desses recursos.

Segundo o senador, todo o trabalho de recuperação de dinheiro desviado pode ficar comprometido com ações empreendidas por autoridades dos três Poderes, como a aprovação da lei de abuso de autoridade, a imposição de dificuldade para a atuação do antigo Coaf, e as mudanças na direção da Polícia Federal.

— A estimativa de ressarcimento aos cofres públicos, segundo cálculos da força-tarefa, é de mais de R$ 44 bilhões. Nenhuma nação pode abrir mão de uma fortuna como essa, principalmente a nossa nação, hoje vitimada por uma profunda crise fiscal e onde repousam mais de 13 milhões de desempregados — disse.

Eduardo Girão lembrou que o dinheiro recuperado pela Operação Lava Jato vai para um fundo criado por acordo firmado entre o Ministério Público Federal, a Petrobras e o governo dos Estados Unidos.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/09/09/para-girao-interessados-em-enfraquecer-a-lava-jato-definem-destino-de-recursos.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Homenageados, administradores criticam PEC que dá fim à inscrição em conselho profissional — Senado Notícias

A preocupação com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 108/2019, que retira a obrigatoriedade …