Noruega, Reino Unido e Alemanha estão dispostos a colaborar com governadores da Amazônia Legal – Congresso em Foco

Os embaixadores da Noruega, Alemanha e Reino Unido afirmaram que a reunião que acontece nesta sexta-feira (13), em Brasília, na sede da representação norueguesa, foi solicitada pelos governadores da Amazônia Legal e que os países estão dispostos a colaborar com todos entes da federação. “Nós queremos trabalhar juntos com todos os níveis do Brasil e o que nós queremos hoje é entender mais o que os governadores querem, o que eles acham da situação e quais soluções eles dão”, afirmou o embaixador da Noruega, Nils Martin Gunneng.

>Governadores querem BNDES fora da gestão do Fundo Amazônia

Estão presentes na reunião representantes do Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Rondônia, Acre, Mato Grosso, Maranhão e Tocantins. Os que governadores que não compareceram enviaram seus vices. Nenhum representante do governo federal participa do encontro. Os embaixadores ressaltaram que mantém bom relacionamento com a União.

Os chefes dos poderes executivos estaduais têm defendido negociar os recursos do Fundo Amazônia diretamente com os países financiadores, Noruega e Alemanha, desde que o Ministério do Meio Ambiente, em abril, começou a levantar dúvidas sobre a aplicação dos recursos. A saída seria utilizar a pessoa jurídica do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.

O embaixador do Reino Unido ressaltou que também há interesses comerciais relacionados ao desenvolvimento sustentável que os países europeus estão preocupados em proteger. “Temos programas, os três países, aqui no Brasil, com a mesma visão, o crescimento da economia de baixo carbono proteção florestal, mas crescimento do livre comércio  também, e a sustentabilidade dessas regiões, então como podemos ajudar, precisamos entender as realidades e sutilezas e ideias propostas pelos governadores aqui”, comentou Vijay Rangarajan. “Todos concordamos que não falamos sobre um museu de uma floresta, falamos sobre uma economia sustentável”, completou o embaixador da Alemanha, George Witschel.

Agenda dos governadores em Brasília ainda tem o encontro com o embaixador da França, às 13h.

>570 mil pessoas pedem aprovação de PEC que protege Cerrado e Caatinga

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Bolsonaro conversa com Skaf e tenta trazê-lo para novo partido – Congresso em Foco

O presidente da Fiesp , Paulo Skaf. Agência Brasil . Agência Brasil O presidente …