Senadores têm sido generosos comigo, diz Aras – Congresso em Foco

O subprocurador Augusto Aras voltou ao Congresso Nacional nesta sexta-feira (13) para continuar conversando com os senadores que precisam aprovar sua indicação para a Procuradoria-Geral da República (PGR). Ele já esteve com mais de 30 senadores e, em uma das raras vezes em que falou com a imprensa, revelou estar sendo bem recebido pelos parlamentares.

> Relator sugere parecer técnico e favorável a Aras

“Os senadores são sempre muito generosos em me escutar, escutar as minhas apresentações e meus pontos de vista”, afirmou Aras, que disse estar apresentando aos parlamentares a visão do Ministério Público moderno que ele pensa ser conveniente para o Brasil.

O subprocurador, contudo, não deu detalhes sobre a modernização que julga ser adequada para o Ministério Público. Ele também evitou as perguntas sobre a Lava-Jato, alegando que só pode tomar qualquer decisão pertinente à PGR depois que for aprovado pelo Senado. A ideia de Aras é responder perguntas de mérito apenas na sabatina à qual será submetido no Senado.

“Enquanto isso, sou um humilde candidato que se apresenta ao Senado Federal e humildemente espera o julgamento da CCJ e do plenário”, finalizou Augusto Aras, ao sair do gabinete do líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e se encaminhar para o gabinete do senadores escolhido para relatar a sua indicação – Eduardo Braga (MDB-AM).

Mais cedo, tanto Randolfe quanto Braga confirmaram que, apesar de algumas posturas de Aras serem questionadas por parte da oposição, a indicação do subprocurador deve ser aprovada pelo Senado. A expectativa é que Braga entregue um parecer favorável à indicação já no início da próxima semana, permitindo que a sabatina e a votação de Aras ocorram em breve. O esperado é que este processo se estenda até o próximo dia 26.

> Discurso de independência de Aras é contraditório, diz senador

> Senadores pedem a Aras isenção e autonomia no MPF

> Decisão do Senado sobre Aras sai no fim do mês

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Aras tem mais chance para PGR que Eduardo para embaixador, diz Randolfe – Congresso em Foco

Para o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (REDE-AP), a indicação de Augusto Aras …

Senadores têm sido generosos comigo, diz Aras – Congresso em Foco

O subprocurador Augusto Aras voltou ao Congresso Nacional nesta sexta-feira (13) para continuar conversando com os senadores que precisam aprovar sua indicação para a Procuradoria-Geral da República (PGR). Ele já esteve com mais de 30 senadores e, em uma das raras vezes em que falou com a imprensa, revelou estar sendo bem recebido pelos parlamentares.

> Relator sugere parecer técnico e favorável a Aras

“Os senadores são sempre muito generosos em me escutar, escutar as minhas apresentações e meus pontos de vista”, afirmou Aras, que disse estar apresentando aos parlamentares a visão do Ministério Público moderno que ele pensa ser conveniente para o Brasil.

O subprocurador, contudo, não deu detalhes sobre a modernização que julga ser adequada para o Ministério Público. Ele também evitou as perguntas sobre a Lava-Jato, alegando que só pode tomar qualquer decisão pertinente à PGR depois que for aprovado pelo Senado. A ideia de Aras é responder perguntas de mérito apenas na sabatina à qual será submetido no Senado.

“Enquanto isso, sou um humilde candidato que se apresenta ao Senado Federal e humildemente espera o julgamento da CCJ e do plenário”, finalizou Augusto Aras, ao sair do gabinete do líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e se encaminhar para o gabinete do senadores escolhido para relatar a sua indicação – Eduardo Braga (MDB-AM).

Mais cedo, tanto Randolfe quanto Braga confirmaram que, apesar de algumas posturas de Aras serem questionadas por parte da oposição, a indicação do subprocurador deve ser aprovada pelo Senado. A expectativa é que Braga entregue um parecer favorável à indicação já no início da próxima semana, permitindo que a sabatina e a votação de Aras ocorram em breve. O esperado é que este processo se estenda até o próximo dia 26.

> Discurso de independência de Aras é contraditório, diz senador

> Senadores pedem a Aras isenção e autonomia no MPF

> Decisão do Senado sobre Aras sai no fim do mês

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Aras tem mais chance para PGR que Eduardo para embaixador, diz Randolfe – Congresso em Foco

Para o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (REDE-AP), a indicação de Augusto Aras …