TSE mantém inelegibilidade de Rosinha Garotinho — Tribunal Superior Eleitoral

A edição desta semana do programa Decisões do Plenário mostra que os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmaram a cassação dos mandatos de Rosinha Garotinho e de Francisco de Oliveira, respectivamente, ex-prefeita e ex-vice-prefeito de Campos dos Goytacazes (RJ). A Corte manteve a inelegibilidade dos políticos por oito anos, pela prática de abuso de poder político e uso indevido de meios de comunicação na campanha eleitoral de 2012.

A reversão da cassação do vereador do município de Belo Horizonte Elves Rodrigues Côrtes (PHS) também é destaque desta edição. A maioria dos ministros do TSE decidiu dar provimento a um recurso especial para julgar improcedente a ação de perda de mandato eletivo por infidelidade partidária do político.

O programa ainda mostra que o Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aprovou, por unanimidade, o nome de Luis Felipe Salomão para vaga de ministro efetivo do TSE para o biênio 2019-2021 e, para o mesmo período, o nome de Benedito Gonçalves para atuar como ministro substituto.

O programa

Produzido pelo Núcleo de Rádio e TV da Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (Ascom/TSE), o Decisões do Plenário vai ao ar na TV Justiça aos sábados, às 17h, com reapresentações às quintas-feiras, às 4h e às 20h15, às sextas-feiras, às 5h30, e aos domingos, à 1h45 e às 9h.

Você também pode assistir ao programa na página da Justiça Eleitoral no YouTube.

AN/LC, DM

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2019/Setembro/decisoes-do-plenario-tse-mantem-inelegibilidade-de-rosinha-garotinho.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Participe do Dia Internacional da Democracia

Use a #democraciatododia nas redes sociais entre os dias 13 e 16 de setembro. Fonte …