Empreendedores testam soluções nas aulas presenciais do Bom Negócio – Prefeitura de Curitiba/PR

Há dois meses, os 309 empreendedores matriculados neste semestre nas aulas presenciais gratuitas do Bom Negócio – Vale do Pinhão estão colocando ideias à prova e mudando a postura como gestores. Os alunos estão frequentando, até o fim desta semana, o curso em sala de aula da Rota III. Os participantes já haviam concluído as aulas à distância (Rotas I e II) do programa da Prefeitura.

Os encontros presenciais são oferecidos pela Agência Curitiba em parceria com cinco instituições de ensino apoiadoras do Bom Negócio – a Unibrasil, a Uninter, o Centro Europeu, a UniOpet e a Universidade Positivo.

Durante as 56 horas da capacitação em sala de aula, os empreendedores aprenderam sobre temas em módulos como gestão inovadora, finanças, marketing, tecnologia, vendas e novos modelos de negócios, inclusive como pensar como uma startup (empresa com base tecnológica).

“O programa capacita  tanto quem quer tirar uma ideia do papel e começar um negócio como o empreendedor que já tem anos de estrada e está em momento de mudança ou precisa se diferenciar no mercado”, diz Daniela Vitória Del Puente, coordenadora do Bom Negócio – Vale do Pinhão.

Crescimento sustentável

Após as aulas à distância em casa e a conclusão de módulos do curso presencial no campus da Universidade Positivo, no Campo Comprido, a empreendedora Paula Lannes, 39 anos, se sente mais preparada para planejar o crescimento sustentável de sua empresa, HartHaus Bufê e Eventos.

“Estamos no mercado há quatro anos e, após participar do curso, me sinto mais preparada tanto para me posicionar no mercado como para gerir financeiramente minha empresa”, garante Paula.

Há dois anos, João Bonatto, 42 anos, abriu uma cafeteria no bairro Vista Alegre e agora pretende atuar na distribuição de produtos sustentáveis, com a empresa Compre Verde, que irá comercializar canudos de papel, copos reutilizáveis, garrafas de vidro borossilicato, ecobags e buchas vegetais.  

“É um segmento que tem tudo para ter um boom nos próximos anos e, por isso, quero sair na frente”, salienta Bonatto.

Na avaliação do empreendedor, as aulas do Bom Negócio estão ajudando a planejar o modelo de negócio da distribuidora e também criar um network com outros empreendedores.

Empresário do setor de software, Diniz Fiori está fazendo doutorado em Administração com enfase em inovação e foi convidado pela Universidade Positivo para dar, a duas turmas presenciais do programa na instituição, o módulo” Startups um modelo de negócio”.  “Meu grande desafio era passar para esses empreendedores a cultura da inovação, que eles precisam pensar de forma diferente, de não ter medo de errar e de buscar oferecer soluções para problemas”, conta Fiori, que também é consultor do Sebrae-PR.

Novas turmas

As aulas à distância (EAD) – das rotas I e II – podem ser iniciadas a qualquer momento na plataforma on-line do programa.  Já as novas turmas presenciais serão oferecidas no primeiro  semestre de 2020. Todos os empreendedores que concluírem as rotas I e II terão vagas garantidas para o próximo curso em sala de aula. A formatura da atual turma do Bom Negócio será no dia 12 de novembro no Teatro Guaíra.  

 

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/empreendedores-testam-solucoes-nas-aulas-presenciais-do-bom-negocio/52894.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Começa preparação para cravar estacas na trincheira do Seminário – Prefeitura de Curitiba/PR

No último sábado (28/9) chegou ao canteiro de obras da construção da trincheira da Rua …