Leis estaduais sobre exploração de petróleo são questionadas no STF – Migalhas

No STF, a Abep – Associação Brasileira de Exploração e Produção de Gás ajuizou duas ADIns contra leis estaduais de Alagoas e Sergipe que versam sobre fiscalização e cobrança de compensações financeiras pela exploração de petróleo e gás natural.

De acordo com a associação, as leis estaduais fixam regras quanto a exploração de recursos naturais por empresas, ferindo a competência privativa da União para legislar sobre o assunto.

Em ambas ações, a Abesp pede que o STF declare que as obrigações e as penalidades estabelecidas nas leis não se aplicam às concessionárias de exploração de petróleo e gás natural.

 ADIns

A Abesp ajuizou a ADIn 6.228 para questionar a lei estadual de Sergipe 5.854/06, que obriga empresas responsáveis pela exploração dos recursos minerais e hídricos, de petróleo e de gás natural a fornecerem, em tempo real ou por meio eletrônico, dados para apuração de compensações financeiras. O ministro Celso de Mello é o relator da ação.

Quanto à lei alagoana 6.557/04, a Associação ajuizou a ADIn 6.226 para questionar a constitucionalidade de dispositivos que determinam que empresas concessionárias entreguem relatórios técnicos sobre a produção do mês à secretaria de Fazenda. O relator da ação é o ministro Edson Fachin. 

Informações: STF.

Fonte Oficial: https://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI311693,101048-Leis+estaduais+sobre+exploracao+de+petroleo+sao+questionadas+no+STF.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Empresa que recusou atestado e demitiu gestante terá de indenizar – Migalhas

Empresa que recusou atestado de funcionária emitido em razão de gravidez de risco e a …