Haitiana vence barreira do idioma e a crise para aprender profissão – Prefeitura de Curitiba/PR

A haitiana Jonise Antoine Jean tem pouco tempo de Brasil, mas já é exemplo de perseverança. Ela desembarcou no país em fevereiro deste ano, não fala português, e mesmo assim não perdeu tempo: foi logo se inscrever num curso profissionalizante gratuito da Prefeitura.

Ao saber que a FAS-Trabalho, em parceria com Senai-PR, estava oferecendo curso de Corte e Costura gratuito na Rua da Cidadania do Tatuquara, Jonise não pensou duas vezes e se matriculou.

“Eu fiquei sabendo do curso através da indicação de uma amiga que mora na região”, disse, com a ajuda do marido que já aprendeu a falar português.

Para cumprir a jornada de 40 horas do curso não foi fácil, já que o casal mora com os sete filhos em São José dos Pinhais.

Procurando emprego

A forma utilizada para se entender com a professora e os colegas, foi o tradutor do Google do celular. E assim, com a colaboração de todos conseguiu concluir o curso.

“Estou aguardando a entrega do certificado e procurando emprego, de preferência em São José dos Pinhais”, explicou.

 

Além do conhecimento básico em corte e costura, Jonise tem outras habilidades. Neste pouco tempo que ela tem de Brasil, já conseguiu fazer também um curso de cobradora de ônibus. “Eu sei lidar com o dinheiro brasileiro, fazer troco, tudo certinho”, garantiu.

 Vida difícil

Ela contou que a família emigrou para o Brasil por causa das dificuldades que viviam no Haiti. Lá ela chegou a trabalhar como vendedora lojista na área de calçados e confecções. O próximo desafio da estrangeira é voltar para curso de português para melhorar o relacionamento com as pessoas.

200 pessoas habilitadas

As carretas do Senai-PR formaram 200 alunos no Tatuquara, nas áreas de Panificação e Confeitaria, Costura Industrial, Mecânica de Motocicletas e Mecânica Automotiva, este último destinado apenas para os moradores do bairro Caximba, uma das áreas mais carentes da cidade. Atualmente, as carretas estão estacionadas na Rua da Cidadania do Bairro Novo.

 

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/haitiana-vence-barreira-do-idioma-e-a-crise-para-aprender-profissao/52951.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Em seis meses nova estrutura triplica oferta de exames de imagem

Passados seis meses da entrega de novo espaço para exames de ecografia no Centro de …