Metas: TJMT apresenta dados – Portal CNJ

Um panorama sobre o cumprimento de metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para 2019, a produtividade das varas, taxa de congestionamento, correição remota, foro extrajudicial e assistência judiciária gratuita por comarca foram alguns dados apresentados pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Ferreira da Silva, aos magistrados do Polo IX, composto por Barra do Garças, Novo São Joaquim, Nova Xavantina, Campinápolis, Água Boa, Canarana e Torixoréo.

O encontro ocorreu na segunda-feira (30/9), no Fórum de Barra de Garças (a 509 km de Cuiabá), dentro do programa Corregedoria Presente. O corregedor, acompanhado dos juízes auxiliares Edleuza Zorgetti Monteiro da Silva, Otávio Vinicius Affi Peixoto e Gerardo Humberto Alves Silva Junior, pode orientar e interagir com os magistrados no intuito de melhorar cada vez mais os serviços da justiça prestados aos cidadãos mato-grossenses.

Também foi apresentada e entregue para uso aos magistrados a ferramenta Omni, um sistema que dispõe de painéis inteligentes dando uma visão gerencial, com informações importantes, como o percentual da taxa de congestionamento, do cumprimento de metas, quantidade de processos conclusos, entre outros.

O diretor do Fórum de Barra do Garças, Michell Lotfi Rocha da Silva, anfitrião da comitiva avaliou que a iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça de apresentar um verdadeiro Raio-X para os magistrados é muito positiva. “A vinda do corregedor e dos juízes auxiliares demonstra que temos um esteio, que podemos contar. Não é apenas aquela figura punitiva e uma visita de aproximação”.

“Com essa exposição de dados fica claro para o juiz onde a Vara está bem, onde precisa melhorar”, afirma. “Temos duas varas cíveis em Barra e vimos que superamos a meta 2, que é julgar processo mais antigos, e estamos bem na meta 1, julgar mais processos que os distribuídos”, cita. “A ferramenta é muito intuitiva e fácil de manusear. Será um avanço”, comemora o magistrado.

Barra do Garças foi o quinto polo visitado pela Corregedoria. O programa teve início em Cáceres (28/08), passou por Diamantino (2/9), Primavera do Leste (12/9), Várzea Grande (17) e Cuiabá (18). O sexto polo que receberá o Programa Corregedoria Presente será o de São Félix do Araguaia (1º/10) e o sétimo Alta Floresta (2/10).

Fonte: TJMT

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/metas-tjmt-apresenta-dados-a-magistrados/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=metas-tjmt-apresenta-dados-a-magistrados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Cartórios serão integrados ao combate à corrupção e lavagem de dinheiro

Os cartórios brasileiros passarão a fazer parte da rede de instituições que combatem a corrupção, …