Alunos de ginástica cuidam de horta comunitária em Centro de Esportes – Prefeitura de Curitiba/PR

É de parar para ver. Quem passa pela lateral do Centro de Esportes e Lazer (CEL) Vila Oficinas, pela Rua Antonio Barbosa de Oliveira, no Cajuru, não resiste a dar uma espiadinha na beleza das plantas que salta aos olhos. Desde julho, o local tem uma horta comunitária, cultivada por alunos da ginástica. 

São 20 canteiros que produzem hortaliças e nem mesmo as fortes chuvas do final de setembro tiraram a vistosidade das plantas e a primeira colheita já começou. A dona de casa Mistue Ito Posani, 68 anos, é uma das moradoras que cuida da horta que não se cabe em alegria. 

“Foi a melhor coisa que me aconteceu. Queria plantar na minha casa, mas lá não bate sol e aqui está sendo ótimo”, conta.

Até colocar um espelho em casa para tentar refletir os raios solares na terra ela havia tentado, mas sem sucesso. Na horta comunitária, as alfaces estão bonitas e ela troca mudas com os colegas de ginástica e vizinhos de canteiros. No mesmo lugar que cuida do corpo, agora Mitsue também cuida da mente e garante a salada para a família.

Primeiros passos e manutenção

O terreno cedido pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) tem 200 m². Cada família é responsável por montar seu canteiro e fazer o plantio de suas mudas, manter o espaço limpo e bem cuidado. 

“Fornecemos as mudas insumos e apoio técnico para assegurar o desenvolvimento da horta. Também fizemos a entrega equipamentos para o cultivo, como botas para proteção e ferramentas”, explica a chefe do Núcleo da Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional da Regional Cajuru, Mabel Tevah.

“Foi importante dar vida a um espaço que estava ocioso. Os hortelões estão ajudando a conservar o espaço dando segurança ao equipamento”, fala o coordenador do Centro de Esporte e Lazer Vila Oficinas, Jairo Rosa Júnior.

O primeiro convite foi feito aos alunos via WhatsApp. Entre os que viram a proposta para cultivar a terra foi Marcia Cristina da Silva, 62 anos. Ela achou que seria uma atividade que o marido, o aposentado Pedro Paulo da Silva, 63 anos iria gostar. Acertou em cheio. 

Silva está todos os dias na horta, cuidando do canteiro da família e destaca que o mais importante é a interação com os outros hortelões. “Traz tranquilidade ter esse contato com a terra. Fazer novas amizades nesse ambiente só traz benefícios”, fala. 

Ele também elogia a iniciativa da Prefeitura em criar as hortas comunitárias pela cidade “Não só ocupa espaços, mas dá a estrutura para quem vai cultivar nelas, para que as hortas prosperem”, destaca.

Fonte Oficial: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/alunos-de-ginastica-cuidam-de-horta-comunitaria-em-centro-de-esportes/52947.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Trem Vila Torres desfilará pelas ruas do bairro na sexta-feira – Prefeitura de Curitiba/PR

Histórias da comunidade Vila Torres ganharão as ruas do bairro na sexta-feira (4/10) num cortejo …