CI pode votar projeto que libera ferrovias privadas — Senado Notícias

A Comissão de Infraestrutura (CI) se reúne na próxima terça-feira (8), a partir das 9h, e pode aprovar, entre outros, projeto de lei que permite a construção e operação de ferrovias pela iniciativa privada (PLS 261/2018).

De autoria do senador José Serra (PSDB-SP), o projeto estabelece as regras para o modelo privado, com as competências regulatórias da União e instruções para integração vertical (quando um mesmo administrador se encarrega da operação dos trens e da manutenção da ferrovia), segregação geográfica (vedação da exclusividade de serviços ferroviários numa mesma região para um só administrador) e reparcelamento (substituição organizada de imóveis antigos por novos em uma determinada área). Também garante a participação estatal em segmentos de importância social, seja através da exploração direta, mediante concessões ou atraindo investimentos privados em regime de competição.

O projeto já teve o aval da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e, se prosperar, segue para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que dará a palavra final. O relator na CI é o senador Jean Paul Prates (PT-RN), que ainda não apresentou o seu parecer.

Energia

A pauta completa da CI contém 11 itens, sendo oito projetos de lei e três requerimentos. Entre os projetos também consta o que insere entre os objetivos de políticas públicas a ampliação das fontes renováveis na matriz energética nacional. O texto é do ex-senador Cristovam Buarque (DF), mas será votado na forma de substitutivo do relator, Lasier Martins (PSD-RS)

O PLS 712/2015 acrescenta à Política Nacional sobre Mudança do Clima uma série de ações para cumprir esse objetivo: utilização de tecnologias de baixo impacto de carbono, redução das emissões de combustíveis fósseis, introdução competitiva de energias renováveis e maior eficiência energética.

Outros projetos que poderão ser votados pela CI são o que proíbe a construção de pontes de madeira com recursos públicos (PL 3.178/2019), o que federaliza a rodovia Transarrozeira, em Roraima (RR-319) (PL 2.129/2019) e o que permite a licitação com concessão em áreas de petróleo regidas pelo regime de partilha de produção (PL 3.178/2019).

Entre os requerimentos à comissão, dois deles cobram informações dos ministros Sérgio Moro, da Justiça; e Tarcísio Gomes, da Infraestrutura; sobre a decisão de suspender a utilização de radares móveis nas rodovias federais. Ambos são do senador Marcos Rogério (DEM-RO).

ANAC

Antes de iniciar as votações, a CI vai abrir a sessão com uma audiência com o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), José Ricardo Botelho. Ele vai falar sobre a execução das atividades da agência e avaliar políticas públicas sobre o setor.

Segundo o Regimento Interno do Senado, os responsáveis pelas agências reguladoras devem prestar contas ao Senado anualmente. Além da CI, a CCJ e a CAE também participam da audiência.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/10/03/ci-pode-votar-projeto-que-libera-ferrovias-privadas.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Relator da reforma do regimento defende votações remotas para o pós-pandemia — Senado Notícias

O Senado pode manter as votações remotas após o fim de pandemia. É o que …