Obra do ministro Nefi Cordeiro discute limites e controles da colaboração premiada – STJ

​​O Espaço Cultural STJ promove no próximo dia 23 o lançamento do livro Colaboração Premiada – caracteres, limites e controles, de autoria do ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal da Justiça. O evento será realizado no mezanino do Edifício dos Plenários, na sede do tribunal, das 18h30 às 21h.

Na obra, o magistrado – que atua nos órgãos de direito penal do STJ – analisa vários pontos polêmicos sobre a colaboração premiada, que se tornou um instrumento eficiente no combate ao crime organizado. Todavia, essa técnica ainda carece de limites bem definidos e de controles efetivos dentro do Ministério Público e do Poder Judiciário. Segundo o autor, o instituto "possui muitas lacunas de procedimento, e sua prática tem gerado acordos que extrapolam os limites legais".

O acordo de colaboração pode dispor que o corréu colaborador permaneça com parte do produto do crime? Pode-se prever que não sejam mais investigados o delator e seus parentes, mesmo sem ainda se ter conhecimento da extensão real de todos os crimes e vítimas? O agente estatal negociador pode fixar penas e ajustar seu cumprimento, sem determinação judicial?

Essas e muitas outras questões instigantes são discutidas na obra Colaboração Premiada.

Mais informações sobre o lançamento podem ser obtidas na Coordenadoria de Memória e Cultura do STJ, pelos telefones (61) 3319-8460 e 3319-8326.

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/NRAjF-uNRDE/Obra-do-ministro-Nefi-Cordeiro-discute-limites-e-controles-da-colaboracao-premiada.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Segunda Seção decidirá sobre possibilidade de usucapião em loteamento de Planaltina (DF) – STJ

​A Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em sessão virtual e por maioria …