OAB defende no STF a lei que criminaliza a violação das prerrogativas da advocacia – OAB

O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, os membros honorários vitalícios, Cláudio Lamachia e Marcus Vinícius Furtado Coêlho, e o secretário-geral da OAB, José Alberto Simonetti, se reuniram com o ministro Celso de Mello, nesta quinta-feira (10), para defender a lei que criminaliza a violação das prerrogativas da advocacia.

Os representantes do sistema OAB foram ao Supremo Tribunal Federal e entregaram memoriais ao decano da corte para demonstrar, por meio de argumentação jurídica, a constitucionalidade da Lei 13.869/19, em especial do Art. 43 da norma, que criminaliza a violação das prerrogativas dos advogados e advogadas.

Celso de Mello é o relator de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 6236), movida pela AMB, que questiona dispositivos da nova legislação. A OAB já solicitou ao ministro o ingresso como amicus curiae no caso. Para a Ordem, a nova lei representa uma enorme conquista para toda a sociedade, tendo em vista que o advogado, indispensável à administração da Justiça, precisa de instrumentos para que a defesa tenha paridade de armas e para que a justiça se realize de forma equilibrada.

“A OAB vai ao STF defender a constitucionalidade da lei que representa uma conquista de toda a advocacia e da cidadania brasileira. A Ordem vai trabalhar para fazer valer a vontade do Congresso Nacional, que aprovou a nova lei e ratificou depois a sua posição ao derrubar os vetos do Executivo. Toda a advocacia compreende que essa é uma conquista de toda a sociedade brasileira”, afirmou o presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz.

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/57642/oab-defende-no-stf-a-lei-que-criminaliza-a-violacao-das-prerrogativas-da-advocacia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Debate na OAB analisa principais julgamentos de processo civil no STF e no STJ em 2019 – OAB

A OAB Nacional sediou, nesta quarta-feira (4), um seminário para debater os aspectos dos principais …