Parque da Lagoa recebe espetáculo infantil na tarde deste domingo

O AnimaCentro, iniciativa promovida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através de sua Fundação Cultural (Funjope), recebe neste domingo (13) o espetáculo infantil ‘Hoje tem Bananada’, da Cia Mutuca Circo e Teatro. A apresentação será na Praça Pedra do Reino, no Parque da Lagoa, a partir das 16h.

Com a direção de Walter Olivério, o espetáculo conta a história dos palhaços Bambam e Bobin, que após uma tragédia no circo que trabalhavam levam a vida vendendo bananas e alimentando o sonho de um dia voltar a viver do picadeiro. Mas com a ajuda do público, tudo pode mudar e talvez eles consigam voltar a fazer grandes palhaçadas no circo.

‘Hoje tem Bananada’ é uma apresentação que traz a magia do circo de volta com números de mágicos, perna de pau, palhaçaria, malabares, fantoches e vários outros elementos tradicionais para divertir crianças e adultos.

AnimaCentro – É um projeto que tem o objetivo de incentivo à cultura, artes cênicas e aos artistas regionais, trazendo espetáculos de dança, teatro, música e exposições. Aberto para o público de todas as idades, com atrações gratuitas, a iniciativa une revitalização e traz ocupação ao Centro da Capital, dando destaque ao Centro Histórico. O projeto acontece no Parque da Lagoa, Praça da Independência, Praça Rio Branco, Pavilhão do Chá, Hotel Globo, Centro Cultural Casa da Pólvora, Villa Sanhauá, Galeria Casarão 34 e Novo Parque da Bica.

Serviço:

Hoje tem Bananada – Cia Mutuca Circo e Teatro

Dia: domingo, 13/10

Hora: 16h

Local: Parque da Lagoa (Praça Pedra do Reino)

Entrada gratuita

 

Fonte: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/parque-da-lagoa-recebe-espetaculo-infantil-na-tarde-deste-domingo/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Grupo ‘Tupinambás’ se apresenta no Centro de Atendimento ao Turista neste domingo

Quando se fala em cultura popular, a ciranda e a coco de roda não podem …