Dez anos: livro em homenagem ao ministro Dias Toffoli é lançado no STF – STF

"É com muita alegria que eu recebo essa homenagem extremamente valiosa. Este é um momento de descontração, de alegria e de júbilo. Sinto-me realmente emocionado nesses dez anos de STF". Com essas palavras, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, lançou, nesta quarta-feira (23), o livro “Democracia e Sistema de Justiça”, em evento realizado no Salão Branco do Tribunal.

Ao fazer os agradecimentos e os apontamentos sobre a obra para uma plateia repleta de autoridades dos Três Poderes da República e personalidades da área jurídica, o ministro Dias Toffoli afirmou que a data é muito significativa e que deve ser comemorada não só pela marca alcançada, mas também pela cadeira que ele ocupa no órgão de cúpula do Judiciário nacional. Ao esclarecer os motivos que influenciaram o nome do livro, o ministro, que também ocupa a Presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), disse que "não existe democracia sem um Poder Judiciário e um Sistema de Justiça independente".

O livro “Democracia e Sistema de Justiça”, cujo prefácio foi escrito pelo ministro do STF Ricardo Lewandowski, foi publicado pela Editora Fórum e contempla 44 artigos escritos por 57 autores. A obra contou ainda com a coordenação do ministro do STF Alexandre de Moraes e do advogado-geral da União (AGU), André Luiz de Almeida Mendonça. Na publicação, são abordados temas como colaboração premiada, gestão, Direitos Humanos, desinformação, inteligência artificial, redes sociais e combate à corrupção. Os assuntos são tratados sob a ótica das principais decisões do ministro Dias Toffoli.

De acordo com o ministro Alexandre de Moraes, compilar todos os artigos foi uma difícil missão, mas valeu a pena para homenagear o colega de magistratura. "Agradeço a possibilidade de participar desse momento. Acompanho desde sempre a carreira do ministro Dias Toffoli, que tem uma peculiaridade muito importante: ele passou por várias áreas. Atuou nos Poderes Legislativo e Executivo e, com isso, adquiriu muito conhecimento até, finalmente, vir para o STF. Meus agradecimentos, também, a cada um dos autores".

O outro coordenador da publicação, ministro André Mendonça, destacou que o livro proporciona reflexões sobre o atual modelo democrático brasileiro."Os autores trabalham uma perspectiva de passado, presente, e tentam lançar sementes para a democracia e o Sistema de Justiça do futuro”, afirmou. “Ao tratar desses temas, faz um histórico da constituição do estado de direito e lança ideias para o debate jurídico, à luz da Carta Magna, nos próximos anos", disse o AGU.

Também prestigiaram a solenidade os ministro do STF Marco Aurélio, Gilmar Mendes, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Roberto Barroso, Edson Fachin e Luiz Fux.

(PS//CF)

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=427875.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Associações questionam lei de Roraima sobre oferta de serviços de telecomunicações – STF

A Associação das Operadoras de Celulares (Acel) e a Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço …