Congresso aprova liberação de R$ 40,5 bilhões em créditos – Congresso em Foco

O Congresso aprovou na tarde desta quarta-feira (23) a liberação de R$ 40,5 bilhões em créditos especiais por cessão onerosa. Boa parte do dinheiro (R$ 34,6 bilhões) vai para que o Ministério de Minas e Energia cumpra acordo com a Petrobras e viabilize o leilão do pré-sal, previsto para 6 de novembro.

Os outros 5,9 bilhões restantes irão para quitar dívidas com estados, Distrito Federal e municípios. O texto ainda depende de sanção presidencial.

O contrato de cessão onerosa, firmado entre Petrobras e União em 2010, garantia à estatal explorar 5 bilhões de barris de petróleo em áreas do pré-sal pelo prazo de 40 anos. Em troca, a empresa antecipou o pagamento de R$ 74,8 bilhões à União. Os excedentes são volumes descobertos de petróleo que ultrapassam os 5 bilhões de barris inicialmente previstos.

O texto aprovado nesta quarta foi o substitutivo apresentado pelo relator na Comissão Mista de Orçamento (CMO), senador Eduardo Gomes (MDB-TO). Inicialmente, o projeto de lei não contemplava estados e municípios.

O PLN 45/2019 ainda prevê a abertura de crédito especial de R$ 16,7 milhões – R$ 8,2 milhões para o Maranhão pagar precatórios e R$ 8,5 milhões para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financiar operações rurais e agroindustriais.

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

MDB virou fiador da corrupção, diz Simone Tebt – Congresso em Foco

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) é filha do senador Ramez Tebet, que presidiu o Senado …