Vice-Presidência do TST propõe ajustes na proposta de acordo entre federações e Petrobrás

document.write(‘‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”);



As partes terão até 1º/11 para se manifestar acerca dos ajustes propostos.

A Vice-Presidência do Tribunal Superior do Trabalho (TST) propôs, nesta sexta-feira (25), aperfeiçoamentos na redação da proposta de acordo coletivo entre a federações representantes dos empregados da Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras) e a empresa, apresentada em 19/9. A medida ocorreu em resposta a manifestação apresentada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) com pedido de ajuste de alguns itens.

Histórico

A proposta de acordo apresentada em setembro foi levada às assembleias da FUP e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP). Após a votação, a FUP informou a rejeição da proposta original, mas solicitou o aperfeiçoamento em relação a alguns dos itens. Diversos sindicatos (Sindipetro LP, Sindipetro PA/AM/MA/AP, Sindipetro AL/SE e Sindipetro SJC) que compõem FNP também rejeitaram a proposta.

Ajustes

Os aperfeiçoamentos de redação sugeridos pela Vice-Presidência, sem comprometer a essência original da proposta, visam atender o termo de ajuste de itens apresentado pela FUP. São eles: a) limite de participação de empregados no custeio do plano de saúde na proporção de 30%; b) inclusão da participação do sindicato local na implantação de turno de 12 horas em terra; c) estabelecimento do compromisso, firmado em ata de audiência, de criação de grupo de trabalho paritário para definir o quantitativo de horas além da jornada de trabalho a ser inserido no banco de horas; d) previsão de cláusula que trate de mensalidade sindical, nos moldes da prevista no Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2019 da Transpetro.

As partes terão agora até 1º/11 para se manifestar acerca dos ajustes propostos, independente de expediente forense no TST.

Confira aqui a íntegra do despacho.

(VC/CF)

<!– –> var endereco; endereco = window.location.href; document.write(‘‘) <!—-> Inscrição no Canal Youtube do TST

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

TST estabelece Sistema de Governança Institucional

document.write(‘Seguir‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”); Resolução foi aprovada em 4/11 pelo Órgão Especial O Órgão Especial do …