Confira a programação da Rádio Justiça para esta quarta-feira (30) – STF

Revista Justiça
O programa fala da importância do cronograma de projeto de pesquisa para trabalhos acadêmicos, da relação constitucional entre o Supremo Tribunal Federal e a Presidência da República, do Projeto de Lei 3267/2019, de autoria do governo federal, e dos possíveis efeitos positivos e negativos na segurança do trânsito com as mudanças propostas. O Revista Justiça dá dicas de como estudar para o concurso público da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), que tem dois certames previstos. Aborda ainda a questão das responsabilidades jurídicas sobre o vazamento de petróleo no Nordeste do país e as últimas eleições sul-americanas. No último dia 24, foi comemorado o Dia das Nações Unidas, ou Dia da ONU, com o aniversário da entrada em vigor, em 1945, da Carta das Nações Unidas. Representantes da ONU e um especialista em Direito Internacional tratarão dos vários programas desenvolvidos pela entidade. Quarta-feira, às 8h.

A Hora do Maestro
O maestro Cláudio Cohen faz um passeio pelas grandes obras musicais escritas em todos os tempos e traz o melhor da música clássica dos grandes compositores em interpretações especiais. No programa desta quarta-feira, obras de Leonard Bernstein e Samuel Barber. Quarta-feira, às 13h e às 21h.

Defenda seus Direitos
Tendo como tema o Direito à Saúde e Acessibilidade, o programa vai falar sobre educação inclusiva, acesso à saúde e condições de tratamento médico que são de obrigação do SUS. Quarta-feira, às 20h.

Rádio Justiça
A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 FM no Distrito Federal e pode ser ouvida pelo site www.radiojustica.jus.br. Acompanhe a programação e siga a Rádio Justiça pelo Twitter no endereço http://twitter.com/radiojustica.

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=428456.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

STF invalida norma que permitia à Assembleia Legislativa de GO sustar atos do Executivo e do Tribunal de Contas – STF

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou inconstitucional dispositivo da Constituição de Goiás que …