Ministro Luis Felipe Salomão toma posse como membro efetivo do TSE – STJ

​​Em cerimônia realizada nesta terça-feira (29), o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luis Felipe Salomão tomou posse como membro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Salomão, que anteriormente ocupava o posto de ministro substituto na corte eleitoral, exercerá a nova função no biênio 2019-2021.

Escolhido em setembro pelo Pleno do STJ – que também indicou o ministro Benedito Gonçalves para ministro substituto –, Salomão substitui no TSE o ministro Jorge Mussi, que foi membro efetivo do tribunal no biênio 2017-2019. Durante esse período, Mussi exerceu a função de corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ocupada pelo ministro Og Fernandes desde o último dia 24.

​​​​​Ao lado da presidente do TSE, ministra Rosa Weber, Luis Felipe Salomão assina o termo de posse como membro titular da corte eleitoral. | Foto: Emerson Leal / STJ

A cerimônia foi presidida pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber, e contou com a presença do presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha. 

Ao dar posse ao novo membro efetivo do tribunal, Rosa Weber destacou a participação do ministro Salomão – ainda como substituto no TSE – nas eleições gerais de 2018, com atuação importante, especialmente, em questões relativas à propaganda eleitoral.

"Com sua maestria, sua experiência e seu brilho, o ministro Salomão vai enriquecer essa casa e contribuir decisivamente para o aperfeiçoamento da Justiça Eleitoral", celebrou Rosa Weber.

Pe​​rfil

Natural de Salvador, Luis Felipe Salomão é formado em direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi promotor de Justiça de São Paulo, juiz da 2ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro e desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

É ministro do STJ desde junho de 2008. Atualmente, integra a Corte Especial, a Segunda Seção e a Quarta Turma do tribunal. É professor honoris causa da Escola Superior da Advocacia do Rio de Janeiro e doutor honoris causa em ciências sociais e humanas pela Universidade Cândido Mendes.

Composiç​​ão

O TSE é formado por sete ministros. Três são do Supremo Tribunal Federal, sendo um deles o presidente da corte. Conforme o artigo 119 da Constituição Federal, o TSE tem em sua composição dois ministros do STJ. Cabe ao TSE escolher o corregedor eleitoral dentre os ministros designados pelo STJ. Completam o tribunal dois juristas oriundos da classe dos advogados, nomeados pelo presidente da República.

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/DhiFHFv9UjM/Ministro-Luis-Felipe-Salomao-toma-posse-como-membro-efetivo-do-TSE.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Reconhecida usucapião extraordinária de veículo furtado após 20 anos de uso por terceiro – STJ

​A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou provimento ao recurso especial do …