Eduardo Bolsonaro faz inaceitável afronta à democracia, diz ACM Neto – Congresso em Foco

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, se manifestou nesta quinta-feira (31) contra a declaração do líder do PSL na Câmara dos Deputados e terceiro filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, de que se a “esquerda radicalizar” será posto em prática o regime de restrições democráticas vivenciado na ditadura militar.

“As declarações do deputado Eduardo Bolsonaro são uma inaceitável afronta à democracia”, escreve o presidente partidário em nota encaminhada ao Congresso em Foco.

O DEM tem entre seus filiados os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, da Saúde, Henrique Mandetta, e da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina.

O deputado do PSL de São Paulo fez o comentário durante entrevista para a apresentadora Leda Nagle.

“Vai chegar um momento em que a situação vai ser igual a do final dos anos 60 no Brasil, quando sequestravam aeronaves, quando executavam-se e sequestravam-se grandes autoridades, cônsules, embaixadores, execução de policiais, de militares. Se a esquerda radicalizar a esse ponto, a gente via precisar ter uma resposta. E a resposta, ela pode ser via um novo AI-5, via uma legislação aprovada através de um plebiscito, como aconteceu na Itália. Alguma resposta vai ter que ser dada”, defendeu.

Leia a íntegra da declaração escrita pelo presidente do DEM:

“A defesa intransigente da democracia está no DNA do Democratas. Condenamos e combateremos qualquer tentativa de ameaça à liberdade política e ao pleno funcionamento das instituições do nosso país.

As declarações do deputado Eduardo Bolsonaro são uma inaceitável afronta à democracia. Nesse momento o país precisa de equilíbrio e responsabilidade, não de ameaças e radicalizações como as defendidas pelo parlamentar.”

Catarse

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

MDB virou fiador da corrupção, diz Simone Tebt – Congresso em Foco

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) é filha do senador Ramez Tebet, que presidiu o Senado …