Vídeo reúne 25 políticos de dez partidos em campanha de repúdio ao AI-5 – Congresso em Foco

Do Psol ao DEM, do PT ao PSDB, um grupo de 25 políticos de dez partidos políticos estrela uma campanha contra a ameaça feita pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sobre uma eventual volta do Ato Institucional 5 (AI-5), que restringiu as liberdades democráticas do país por uma década. O vídeo (veja acima) é promovido pela plataforma de ação conjunta em defesa da construção democrática Pacto pela Democracia.

A gravação confronta a declaração de Eduardo ao programa da jornalista Leda Nagle com ações e números nefastos produzidos pelo AI-5, entre 1968 e 1978:

“O AI-5 torturou 20 mil pessoas. Resultou em mais de 400 mortes e desaparecimentos, 7 mil pessoas exiladas, 800 prisões políticas. Além de ter promovido diversos atos de censura, perseguições e o fechamento do Congresso Nacional. Qualquer apologia ao AI-5 e a outras medidas autoritárias deve ser repudiada por todos na sociedade”.

Além de alguns breves depoimentos, o vídeo mostra o repúdio de parlamentares, como Alessandro Molon (PSB-RJ), Tabata Amaral (PDT-SP), Tiago Mitraud (Novo-MG), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Orlando Silva (PCdoB-SP) e Talíria Petrone (Psol-RJ), entre outras figuras políticas, ao ato institucional mais duro da ditadura. “AI-5 nunca mais”, dizem todos eles.

Para o coordenador-executivo do grupo, Ricardo Borges Martins, a situação que o país vive hoje exige uma resposta imediata. “Neste momento em o sonho autoritário de figuras relevantes do governo vai se tornando explícito, é fundamental que atores políticos das mais diferentes identidades se manifestem com veemência em defesa da democracia e do Estado de Direito”, disse ele ao Congresso em Foco.

A declaração de Eduardo Bolsonaro de que o AI-5 poderia ser um instrumento a ser adotado caso a “esquerda radicalizasse” foi repudiada em nota por quase todos os partidos. Após a repercussão negativa da fala, o deputado se retratou. Mas isso não o impediu de virar alvo de pedido de cassação e processo.

Veja a lista completa dos participantes do vídeo em repúdio ao AI-5, com seus respectivos partidos e estados. Diferenças partidárias e ideológicas à parte, todos eles concordam em um ponto: “AI-5 nunca mais”.

Alessandro Molon (PSB-RJ)
Áurea Carolina (Psol-MG)
Alexandre Padilha (PT-SP)
Caio Cunha (PV-SP)
Claudia Visoni (Rede-SP)
Davi Maia (DEM-AL)
Erika Kokay (PT-DF)
Fábio Ostermann (Novo-RS)
Felipe Rigoni (PSB-ES)
Fernanda Melchionna (Psol-RS)
Glauber Braga (Psol-RJ)
Guilherme da Cunha (Novo-MG)
Marina Helou (Rede-SP)
Orlando Silva (PCdoB-SP)
Patrícia Bezerra (PSDB-SP)
Paulo Teixeira (PT-SP)
Paula Aparecida (Psol-SP)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Renan Ferreirinha (PSB-RJ)
Rodrigo Agostinho (PSB-SP)
Sâmia Bomfim (Psol-SP)
Tabata Amaral (PDT-SP)
Talíria Petrone (Psol-RJ)
Thiago Lucena (PMN-PB)
Tiago Mitraud (Novo-MG)
Túlio Gadelha (PDT-PE)

> Volta do AI-5 defendida por Eduardo Bolsonaro é inconstitucional, diz jurista

Veja o vídeo com a entrevista do líder do PSL e filho do presidente Jair Bolsonaro:

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Governo minimiza influência de Lula em pauta econômica; PT aposta em reforço – Congresso em Foco

O líder do governo de Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), e …