Anastasia vai sair do PSDB e se filiar ao PSD em até três meses – Congresso em Foco

O senador Antonio Anastasia (MG) aceitou o convite para se filiar ao PSD e deixará os quadros do PSDB. “A filiação está prevista para o início do próximo ano legislativo”, disse um aliado político de Anastasia em Minas Gerais ao Congresso em Foco.

Segundo essa pessoa próxima do ex-governador mineiro o motivo da saída do PSDB é “desgaste interno”.

>Anastasia diz que “PSDB nunca esteve em guerra”

Anastasia está filiado ao PSDB desde 2006 quando concorreu e foi eleito vice-governador de Minas Gerais na chapa encabeçada pelo também tucano Aécio Neves. No entanto, sua relação com o partido é mais antiga e chegou a exercer em 1999 o comando do Ministério do Trabalho na gestão presidencial de Fernando Henrique Cardoso.

O PSD cresceu politicamente em 2019 e filiou o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e o senador Carlos Viana, ambos eleitos pelo PHS. Hoje o partido tem 10 senadores, a terceira maior bancada da Casa Legislativa, atrás do Podemos, com 11, e do MDB, com 13.

No dia 28 de agosto, o senador Anastasia negou ao Congresso em Foco que exista um conflito entre diferentes alas no PSDB.

O comentário foi após o site questionar sobre a votação do PSDB  que arquivou o pedido de expulsão de Aécio Neves, padrinho político de Anastasia.

Foram 30 votos a favor de Aécio e 4 contra em reunião feita pela executiva nacional tucana no dia 21 de agosto.

A tentativa de expulsão de Aécio foi patrocinada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que quer expurgar os quadros tucanos envolvidos em corrupção para ganhar prestígio eleitoral nas eleições presidenciais de 2022.

> Presidente do PSDB sobre BolsoDoria: “foi para mostrar que não somos PT”

Catarse

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

CCJ da Câmara adia votação da prisão em segunda instância – Congresso em Foco

Deputada Caroline Detoni (PSL-SC) A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) …