Lançado livro de Direito Tributário em homenagem ao ministro Ayres Britto – STF

O Supremo Tribunal Federal sediou, nesta quarta-feira (6), o lançamento do livro "A Constituição Cidadã e o Direito Tributário – Estudos em homenagem ao Ministro Carlos Ayres Britto", coordenada pelo advogado e professor Saul Tourinho Leal. "A obra saúda tanto o Direito Tributário como a participação do ministro Carlos Ayres Britto na construção da jurisprudência tributária contemporânea, a partir do Supremo Tribunal Federal", afirmou o coordenador na solenidade.

Ao saudar o homenageado, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, ressaltou o carinho e o respeito de todos ao ministro aposentado. “Quando entrei no STF, ele era o presidente da Casa. E o nosso primeiro presidente a gente nunca esquece”, lembrou. “Todos nós o amamos muito e lhe queremos muito bem”. Em agradecimento, Ayres Britto se disse emocionado por ser lembrado pelo trabalho exercido na cúpula do Judiciário nacional e por sido o referencial do livro, que reúne artigos de 26 juristas. "Isso é sempre motivo para a gente agradecer a vida. É cativante ver o empenho de tantos escritores de reconhecido talento e vocação jurídica”, assinalou.

Para o ministro Ricardo Lewandowski, autor do prefácio da publicação, trata-se de uma homenagem “a um jurista notável e de grande envergadura que, além de ser um especialista em Direito, é, antes de mais nada, um grande poeta”.

Segundo o advogado Eduardo Lourenço Gregório Júnio

r, que também foi coordenador do livro, a ideia partiu da constatação de um “vácuo” de estudos tributários. “A partir da análise dos votos do ministro, procuramos identificar os principais atores e doutrinadores e resolvemos convidar colegas que tivessem afinidade com o tema, sob a ótica das interpretações do ministro Ayres Britto acerca da matéria", explicou.

(PS//CF)

 

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=429208.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

STF homologa aditivo e prorroga acordo sobre perdas inflacionárias de planos econômicos – STF

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), em sessão virtual finalizada na noite de ontem …